Sean O'Malley rebate críticas por falta de vitórias sobre oponentes ranqueados no UFC | SUPER LUTAS

Sean O’Malley rebate críticas por falta de vitórias sobre oponentes ranqueados no UFC

O norte-americano afirmou em sua defesa que recebe o mesmo valor independente do adversário e declarou que tudo não passa de inveja dos seus rivais de divisão

S. O’Malley luta na divisão dos galos do UFC Foto: Instagram

Considerado uma das maiores promessas da divisão dos galos (até 61,2kg), Sean O’Malley vem sofrendo críticas por ainda não ter enfrentado nenhum oponente ranqueado na UFC. Sem se incomodar com os ‘ataques’, o norte-americano enfatizou que recebe o mesmo valor independente do adversário e afirmou que tudo não passa de ‘inveja’ dos seus rivais de divisão.

Veja Também

“Na minha próxima luta, muitas pessoas querem que eu enfrente alguém ranqueado. Eu deveria enfrentar no UFC 264 (Louis Smolka). O meu contrato diz que eu tenho que fazer um certo número de lutas e eu vou ser pago pelo mesmo valor, independentemente se eu enfrentar Louis Smolka ou lutar com Petr Yan. Eu recebo o mesmo valor. Eu vou enfrentei esse cara que é menor, mas, lutei com ele em um card de pay-per-view do Conor McGregor”, declarou o ‘Sugar‘ ao podcast ‘No Jumper‘.

O atleta norte-americano acredita que as críticas de suas lutas se dão pelo fato de que ele atrai muito mais audiência do que a maioria dos lutadores.

Chael Sonnen sempre diz para lutar com o pior cara na parte mais alta do card. Muitos pesos galos e pessoas do UFC definitivamente me odeiam e isso vem da inveja. Eu estou sendo muito mais visto do que eles. Eu faço uma performance lá dentro. Você assiste a esses caras lutando e você, literalmente, pega seu telefone e começa a olhar o Instagram. Você não dá a mínima para o que eles estão fazendo”, finalizou o polêmico lutador.

Buscando uma vaga no top-15 da categoria, Sean O’Malley vem de quatro vitórias em suas últimas cinco lutas. Em seu último combate, o norte-americano ‘atropelou’ o estreante Kris Moutinho e venceu por nocaute no terceiro round. Contratado pelo UFC em 2018, o ‘Sugar’ possui um cartel de 14 triunfos e um revés.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments