Duro nocaute em Barboza rende a Chikadze R$260 mil em bônus por performance no UFC Las Vegas 35 | SUPER LUTAS

Duro nocaute em Barboza rende a Chikadze R$260 mil em bônus por performance no UFC Las Vegas 35

Após atropelo sobre brasileiro, georgiano leva prêmio extra da organização; Abdul Alhassan, Gerald Meerschaert e Pat Sabatini também ganham ‘bolada’ por atuações

E. Barboza (esq.) foi nocauteado por G. Chikadze no UFC Las Vegas 35. Foto: Reprodução/Instagram

Carrasco de Edson Barboza no UFC Las Vegas 35, realizado neste sábado (28), Giga Chikadze tem ainda mais motivos para comemorar, além do triunfo na luta principal. O nocaute sobre o brasileiro rendeu ao atleta um dos bônus de performance de US$50 mil (cerca de R$260 mil). Além do georgiano, Abdul Razak Alhassam, Gerald Meerschaert e Pat Sabatini também levaram a ‘bolada’ por suas atuações. A informação foi divulgada por Dana White na coletiva após o evento.

Veja Também

Considerado uma promessa no peso pena (até 65,7kg.) do Ultimate, Chikadze provou mais uma vez ser um nome de respeito dentro da empresa. Diante de um dos atletas mais agressivos da organização, o georgiano não tomou conhecimento de Barboza e faturou o triunfo com um nocaute no terceiro round.

Protagonista de um atropelo brutal no espetáculo, Abdul Razak Alhassan também foi lembrado pela diretoria da companhia. Na luta que encerrou o card preliminar, o peso médio (até 83,9kg.) passou por Alessio Di Chirico com um chute violento na cabeça, que levou o combatente a nocaute em apenas 17 segundos de disputa.

Azarão contra o promissor, Gerald Meerschaert faturou a ‘bolada’ após ‘quebrar a banca’ neste fim de semana. Os US$50 mil foram dados ao atleta depois de uma virada heroica contra Makhmud Muradov. Após perder o primeiro assalto, o veterano conseguiu se recuperar e encontrou uma finalização diante do oponente no segundo round.

A finalização de Pat Sabatini na segunda luta da noite também chamou a atenção do UFC. Rival de Jamall Emmers no show, o peso pena (até 65,7kg.) teve a carteira recheada depois de uma aula de jiu-jitsu. O prêmio veio como compensação depois de uma bela chave de calcanhar, que acabou lesionando o adversário.

Depois de anunciar os bônus de performance, Dana White afirmou que dará uma compensação a Ricky Turcios (vencedor) e Brady Hiestand, finalistas do ‘The Ultimate Fighter‘ (TUF) 29 no peso galo (até 61,2kg.). Para o presidente do Ultimate, os atletas promoveram a melhor ‘Luta da Noite’ e receberão um bônus.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments