Bryan Battle e Ricky Turcios vencem 'guerras' e se consagram como campeões do TUF 29 no UFC Las Vegas 35 | SUPER LUTAS

Bryan Battle e Ricky Turcios vencem ‘guerras’ e se consagram como campeões do TUF 29 no UFC Las Vegas 35

Atletas superam adversidades e garantem conquistam troféus no peso médio e galos do reality show neste sábado

B. Battle (esq.) e R. Turcios (dir.) faturaram os troféus do TUF 29 nos médios e galos, respectivamente. Foto: Montagem SUPER LUTAS

O UFC Las Vegas 35 entregou aos espectadores dois verdadeiros shows no card principal. Neste sábado (28), a empresa apresentou aos fãs os campeões do ‘The Ultimate Fighter (TUF) 29‘. Nas duas últimas lutas da noite, Bryan Battle e Ricky Turcios deram show e venceram os respectivos compromissos contra Gilbert Urbina e Brady Hiestand, respectivamente. Após os triunfo, os atletas receberam os troféus das conquistas no peso médio (até 83,9kg.) e galo (até 61,2kg.).

Veja Também

Finalista da 29ª edição do reality show nos médios, Turcios não teve vida fácil contra Urbina. Membro da equipe de Alexander Volkanovski, o lutador, no entanto, mostrou maturidade para controlar as ações e superou o rival com uma finalização na segunda etapa.

Derrotado no embate, Urbina foi escolhido de última hora para o embate. O atleta, que, no primeiro momento, não conseguiu se classificar para a final, topou o desafio de disputar o confronto e vendeu caro o resultado negativo.

A luta

O confronto começou com Battle tomando a iniciativa com um chute baixo. Urbina respondeu com um cruzado, que parou na guarda do oponente. Gilbert seguiu agressivo e conseguiu encaixar uma sequência de socos, balançando Bryan. Urbina levou o duelo para o chão e passou a buscar a finalização. Por baixo, Battle se defendia como podia, mas a situação era dramática. Bryan conseguiu resistir ao castigo e ficou de pé. No centro do octógono, os lutadores passaram a se testar com diretos e chutes. Battle se reencontrou no duelo e pontuava contra o rival com combinações de socos e chutes. Próximo ao minuto final, Urbina, em desvantagem na trocação, passou a buscar a queda no adversário. Battle se protegeu bem e fazia força com o rival nas grades. O assalto acabou com os lutadores se testando no clinch.

Na segunda etapa, a primeira ação foi tomada por Battle, que atingiu o oponente com dois diretos. Urbina levava a pior na trocação, mas absorvia bem os ataques do adversário. Gilbert voltou a encurtar e passou a levar o adversário para o chão. Bryan se defendeu bem, mas acabou surpreendido por um cruzado de direita. Se Urbina não conseguiu quedar, Battle teve êxito. Na metade da etapa, Bryan levou o rival para o chão, chegou às costas e encaixou o mata-leão. Gilbert tentou resistir, mas acabou batendo em resistência

Turcios vence ‘guerra’ e fatura troféu dos galos no TUF

R. Turcios (dir.) derrotou B. Hiestand por pontos e faturou o TUF 29 na divisão dos galos. Foto: Reprodução/Instagram

Na primeira final do TUF 29 do UFC Las Vegas 35, disputada no peso galo (até 61,2kg.), os protagonistas deram um verdadeiro show aos espectadores. Após 15 minutos movimentados, os lutadores deixaram tudo no octógono em um confronto que entra para história. Ao fim de três assaltos, Ricky Turcios foi declarado vencedor contra Brady Hiestand na decisão dividida dos juízes.

Além das ações intensas, o confronto foi marcado pelo equilíbrio. Novo campeão do reality show, o atleta de 28 anos chega ao UFC com o currículo de 11 vitórias e dois resultados negativos.

Após faturar o troféu, Turcios deu uma bela declaração. Em entrevista a Paul Felder, o atleta falou sobre a paz no mundo.

“Estamos todos conectados, somos todos um só. Viemos da mesma fonte. Das estrelas, do sol e da lua. Um amor”, disse o atleta.

Derrotado no show, Brady Hiestand vendeu caro o revés no card preliminar. Vitorioso de acordo com um dos três juízes, o combatente deu trabalho, mas não conseguiu faturar o sonhado troféu.

Lee dá trabalho, mas perde em teste nos meio-médios

K. Lee (esq.) foi derrotado por D. Rodriguez (dir.) no UFC Las Vegas 35. Foto: Reprodução/Instagram

Em seu teste nos meio-médios (até 77kg.), Kevin Lee deu trabalho, mas não conseguiu levar a vitória para casa. Adversário de Daniel Rodriguez, o combatente alternou bons e maus momentos e, após três rounds movimentados, acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

O revés de Lee complica a situação de Kevin dentro da organização. Batido neste sábado, o combatente, agora, soma quatro derrotas nas últimas cinco lutas.

Vitorioso no embate, Rodriguez vive um momento diferente do oponente no UFC Las Vegas 35. De olho em um lugar no top 15 da divisão, o atleta, agora, tem três triunfos em sequência.

Petroski controla Gillmore e estreia com nocaute

A. Petroski derrotou M. Gillmore no UFC Las Vegas 35. Foto: Reprodução/Instagram

Em luta de estreantes, Andre Petroski fez bonito e desbancou Michael Gillmore na segunda luta do card principal. No duelo disputado entre os médios (até 83,9kg.), o primeiro sobrou na etapa inicial, viu o rival equilibrar o confronto na segunda e, no assalto decisivo, liquidou a fatura com um duro nocaute.

Antigo representante da LFA, o combatente debutou com o pé direito na empresa. A vitória sobre Andre marcou o sexto resultado positivo do atleta como profissional no MMA.

Derrotado no embate, Gillmore pode ter dado adeus à chance de seguir no Ultimate. Inferior ao oponente tecnicamente, o atleta não teve uma boa apresentação e foi presa fácil para o wrestling de excelência do rival. Com o revés, o norte-americano sofre o quarto tropeço em 10 lutas na modalidade.

Meerschaert finaliza promessa com virada heroica

G. Meerschaert finaliza M. Muradov no UFC Las Vegas 35. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu o card principal, uma virada heróica. No encontro contra o promissor Makhmud Muradov, Gerald Meerschaert deu uma verdadeira aula de resistência. Depois de ser controlado no primeiro round, o veterano conseguiu se recuperar e chocou ao finalizar a promessa com um mata-leão.

Representante do peso médio (até 83,9kg.), Meerschaert confirma o bom momento e chega ao seu segundo resultado positivo em sequência. O triunfo também marcou a 33ª vitória do combatente como profissional no MMA.

Depois de um primeiro round dominante, Muradov não conseguiu manter o bom rendimento e sucumbiu ao jiu-jitsu de excelência do adversário. Com o revés, Makhmud acabou perdendo a invencibilidade no Ultimate. Antes do UFC Las Vegas 35, o atleta não sabia o que era perder em três compromissos.

Resultados do UFC Las Vegas 35

CARD PRINCIPAL

Peso pena: : Giga Chikadze derrotou Edson Barboza por nocaute técnico a 1m44s do R3

Peso médio:  Bryan Battle finalizou Gilbert Urbina com um mata-leão a 2m15s do R2  – Final do TUF 29

Peso galo: Ricky Turcios derrotou Brady Hiestand na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)  – Final do TUF 29

Peso meio-médio: Daniel Rodriguez derrotou Kevin Lee na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio: Andre Petroski derrotou Micheal Gillmore por nocaute técnico a 3m12s do R3

Peso médio: Gerald Meerschaert finalizou Makhmud Muradov com um mata-leão a 1m49s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Abdul Razak Alhassan derrotou Alessio Di Chirico por nocaute a 17seg. do R1

Peso médio: Wellington Turman derrotou Sam Alvey na decisão dividida dos juízes (28-27, 27-28, 28-27)

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou Darren Stewart por nocaute técnico a 3m04s do R1

Peso mosca feminino: JJ Aldrich derrotou Vanessa Demopoulos na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena: Pat Sabatini finalizou Jamall Emmers com uma chave de calcanhar a 1m53s do R1

Peso galo: Mana Martinez derrotou Guido Cannetti na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments