Após quase quatro anos sem atuar, Antônio Braga Neto é dispensado do UFC | SUPER LUTAS

Após quase quatro anos sem atuar, Antônio Braga Neto é dispensado do UFC

Bicampeão mundial de jiu-jitsu, atleta tupiniquim ficou oito anos no Ultimate, mas lidou com constantes lesões e atuou apenas três vezes na organização

A. Braga Neto não luta desde 2017. Foto: Reprodução/Instagram

O Ultimate decidiu por liberar Antônio Braga Neto antes de sua última luta do contrato. Campeão mundial de jiu-jitsu em 2008 e 2011, o brasileiro estava escalado para encarar Absul Razak Alhassan no UFC Las Vegas 34, mas testou positivo para a COVID-19 e foi dispensado pela organização. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Apesar de estar há oito anos no Ultimate, Braga Neto lidou com graves lesões que o tiraram de combate por boa parte de sua trajetória. Ele, inclusive, testou positivo para a COVID-19 pela segunda vez e não conseguiu encarar Razak Alhassan, que nocauteou Alessio Di Chirico em apenas 17 segundos.

Na organização, o brasileiro se apresentou apenas três vezes, com uma vitória e duas derrotas. Profissional desde 2016, ele conta com um cartel de nove triunfos, três reveses e uma luta sem resultado.

Além do atleta tupiniquim, Liliya Shakirova também foi liberada de seu contrato depois de ser suspensa por dois anos em teste positivo por uso de meldonium, que é usado principalmente para tratar doenças cardíacas e cardiovasculares, mas também está relacionado à melhora do desempenho e é proibido pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). Ela fez apenas uma apresentação no Ultimate, mas acabou derrotada por Lauren Murphy, em outubro de 2020.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments