Depois de atropelar Edson Barboza, Giga Chikadze critica nova posição no ranking dos penas | SUPER LUTAS

Depois de atropelar Edson Barboza, Giga Chikadze critica nova posição no ranking dos penas

Algoz do brasileiro no último fim de semana, georgiano reclama de pequeno avanço na categoria liderada por Alexander Volkanovski

G. Chikadze em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube

Em grande momento no Ultimate, Giga Chikadze encontrou motivos para reclamar de sua atual situação no peso pena (até 65,7kg.). Carrasco de Edson Barboza no último fim de semana, o georgiano não gostou nada da pequena mudança de posição ocorrida no ranking do grupo após seu triunfo. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o atleta falou sobre o assunto.

Veja Também

“Não estou feliz com isso. Eu era o número 10, derrotei o número nove, mas não foi qualquer um. Não foi por pontos, ou decisão dividida, ou parelha. Eu digo que arrebento as pessoas. Foi isso o que aconteceu neste fim de semana. Quando você derrota alguém como Edson Barboza e é o número 10, ele o nove, você não avança apenas uma posição e chega em oitavo. Eu preciso estar no top 5”, disparou o lutador.

No UFC Las Vegas 35, Chikadze voltou a dar show sobre o octógono do Ultimate. Além de passar por um dos atletas mais temidos da categoria, o combatente defendeu a invencibilidade na organização.

Com o triunfo sobre Barboza, Giga chegou a 14 vitórias como profissional no MMA. O combatente foi derrotado em apenas duas ocasiões.

Depois de superar Edson, Chikadze se ofereceu para ser reserva do confronto entre Alexander Volkanovski e Brian Ortega, que disputam o título da divisão em 25 de setembro. Além do pedido, o combatente também se colocou à disposição para enfrentar o antigo campeão do grupo, Max Holloway.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments