Antigo destaque dos moscas e vítima de Deiveson, Joseph Benavidez se aposenta do MMA | SUPER LUTAS

Antigo destaque dos moscas e vítima de Deiveson, Joseph Benavidez se aposenta do MMA

Quatro vezes desafiante ao cinturão do UFC, veterano de 37 anos decide pendurar as luvas após três tropeços consecutivos

J. Benavidez disputou o título dos moscas no UFC em quatro oportunidades. Foto: Reprodução/Instagram

Chegou ao fim a trajetória de Joseph Benavidez no MMA. Destaque dos moscas (até 56,7kg.) por anos e com quatro disputas de cinturão do UFC no currículo, o veterano de 37 anos, vítima de Deiveson Figueiredo, decidiu que é o momento de parar. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Fighting’ e confirmada pela esposa do atleta, Megan Olivi, repórter da ‘ESPN’.

Veja Também

“As aventuras de aposentadoria serão divertidas. Meu rei para sempre”, escreveu Megan, em sua conta no Twitter.

Sempre no topo dos moscas, Joseph Benavidez teve uma carreira de sucesso nas artes marciais mistas. O norte-americano estreou no UFC em 2011 e, com três vitórias consecutivas, disputou o cinturão inaugural do grupo contra o lendário Dementrious Johnson, em 2012, sendo batido na decisão dividida.

Depois de falhar na primeira tentativa de assumir o trono da divisão, Joseph teve sua revanche contra Johnson no ano seguinte. No reencontro com o ex-Ultimate, novo revés. O atleta acabou nocauteado logo no primeiro round.

O novo tropeço não afastou Benavidez do topo do grupo. O lutador seguiu vencendo, mas apenas em 2020, voltou a lutar pelo título. Desta vez, era Deiveson Figueiredo o atleta a ser batido. Pelo cinturão vago, o norte-americano acabou atropelado pelo paraense, que venceu, mas não levou a cinta por ter falhado no corte de peso.

Um reencontro imediato com o ‘Deus da Guerra’ foi inevitável. Cerca de cinco meses depois, os moscas voltaram a dividir o octógono. Novamente, o brasileiro comprovou o favoritismo e promoveu a primeira finalização sofrida na carreira do já veterano.

Após duas derrotas para Figueiredo, Joseph tentou retomar o caminho das vitórias, mas sem sucesso. Em março de 2021, o atleta aceitou trocar forças contra o promissor, Askar Askarov, mas acabou sofrendo o terceiro tropeço consecutivo, determinante para o fim de seu ciclo no MMA.

Atual número cinco da categoria liderada por Brandon Moreno, Benavidez, que estreou no MMA em 2006, deixa o esporte com 36 lutas em seu currículo. O combatente soma 28 triunfos e oito reveses na modalidade. Pelo UFC, foram 21 compromissos, tendo superado os rivais em 15 oportunidades. Um dos momentos marcantes do veterano foi a vitória sobre Henry Cejudo, em 2016.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?