Irritado, Jorge Masvidal exige luta ao UFC e aproveita para provocar Leon Edwards

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios reforça o desejo de retornar ao octógono o mais breve possível e ‘ataca’ antigo rival

J. Masvidal em coletiva após o UFC 244. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Duramente derrotado por Kamaru Usman em abril, na revanche pelo cinturão dos meio-médios (até 77kg.), Jorge Masvidal quer lutar. Em entrevista ao ‘MMA Uncensored’, o ‘Jesus das Ruas’ não poupou críticas ao Ultimate, e Hunter Campbell, um dos responsáveis por ‘casar’ confrontos pela empresa, e exigiu um novo compromisso. O atleta aproveitou para ‘atacar’ Leon Edwards, a quem acusa de ter rejeitado um confronto.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu já disse a eles para me darem um prazo. (…) Eu preciso de uma luta, Hunter (Campbell). Publiquem: ‘Masvidal exige uma luta logo”, disse Jorge.

Sem atuar desde a derrota para Usman no UFC 261, o ‘Jesus das Ruas’ não esconde que tinha um adversário ideal em mente: Leon Edwards. O norte-americano, porém, admitiu que o inglês, com quem tem uma rixa antiga, rejeitou uma proposta para o duelo, já que o rival insiste em um duelo imediato pelo título.

PUBLICIDADE:

“O contrato estava na frente dele. Ele já negou (a luta) duas ou três. Estamos seguindo em frente. Não vamos pedir nomes. Faço desse jeito quando se trata de contratos. É ‘sim ou não. (…) Ele (Edwards) disse que eu rejeitei um confronto. Não, seu idiota. Eu lutei pelo cinturão duas vezes, por que enfrentaria você? Agora, tive um tempo livre. Vou arrancar os dentes desse cara, mas não o encontramos. Precisaremos seguir em frente, porque ele é um covarde”, encerrou.

Atual número três no ranking liderado por Kamaru Usman, Leon não se apresenta desde o triunfo sobre Nate Diaz, em junho. Na temporada passada, o inglês esteve próximo de perder a posição de destaque na categoria pela sua inatividade dentro da organização. Hoje, Edwards ostenta uma série invicta de 10 combates.

PUBLICIDADE:

Depois da derrota para Usman, Masvidal acabou deixando o top 5 da divisão. Hoje, o norte-americano figura na sexta colocação e acumula dois tropeços seguidos, ambos para o atual campeão.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?