Rakic afasta possibilidade de revanche, mas ataca Marreta após UFC Vegas 38: ‘Seu tempo já passou’

Austríaco, que foi o último algoz do brasileiro, afirma que prioriza um combate contra Jiri Prochazka ou chance pelo título dos meio-pesados

T. Marreta (dir.) foi derrotado por A. Rakic no UFC 259. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

No último sábado (2), Thiago Marreta superou Johnny Walker nos pontos em luta válida pelo UFC Las Vegas 38 e tratou de criticar Aleksandar Rakic, seu último algoz. Em suas redes sociais, no entanto, o austríaco fez questão de responder e cravou que o ‘auge’ do brasileiro no esporte já ficou no passado.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Você está certo. É chato te dominar (isso aconteceu com Johnny nesta noite e ele é um lutador empolgante). Seu tempo já passou. Me dê Prochazka ou alguém emocionante para lutar”, escreveu Rakic em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Inclusive, na publicação, o austríaco repostou um vídeo em que Marreta dizia que não gostava do atleta, além de torcer pelo insucesso do ‘Rocket’ em uma eventual disputa de título.

PUBLICIDADE:

A história de Marreta e Rakic começou no UFC 259, que ocorreu em março deste ano. Na ocasião, os dois atletas se enfrentaram em luta de três rounds que acabou com vitória do austríaco na decisão unânime dos juízes.

Aleksandar, agora, aguarda uma definição do título nos meio-pesados (até 93kg.), que será disputado em 30 de outubro por Jan Blachowicz e Glover Teixeira. Terceiro da divisão, ele ainda não tem uma luta marcada na organização.

PUBLICIDADE:

Já Thiago voltou a vencer depois de três reveses seguidos e aliviou sua situação no Ultimate. O atleta tupiniquim – que já disputou o cinturão contra Jon Jones – derrotou o compatriota Johnny Walker na decisão unânime dos juízes após cinco assaltos.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?