Claressa Shields mostra pouca evolução, é anulada por rival e perde primeira como profissional no MMA

Presa fácil para as quedas de Abigail Montes na PFL 10, multicampeã de boxe é dominada por três rounds e superada na decisão dividida dos juízes

C. Shields (esq.) perdeu a primeira como profissional no MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Multicampeã de boxe, Claressa Shields não conseguiu brilhar em sua segunda apresentação como profissional no MMA. Ícone da ‘nobre arte’, a combatente não teve boa apresentação na PFL 10, realizado nesta quarta-feira (27), na Flórida (EUA), e acabou anulada por Abigail Montes por quase 15 minutos. Vítima das quedas da adversária, a pugilista mostrou pouca evolução e saiu derrotada na decisão dividida dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O confronto contra Montes marcou o segundo desafio de Shields nas artes marciais mistas. Depois de estrear com nocaute pela organização, em junho, a bicampeã olímpica voltou a mostrar deficiência nas defesas de quedas e mostrou que ainda tem muito a evoluir.

Com o resultado, Claressa, que nunca foi derrotada no boxe profissional, amargou pela primeira vez um resultado negativo. Agora, a combatente tem 50% na carreira, com um triunfo eu tropeço.

PUBLICIDADE:

Responsável por estragar a festa da pugilista, Abigail tem muito o que comemorar. A vitória sobre a nova estrela da PFL ampliou o bom momento da combatente, que segue sem perder na modalidade, em três apresentações.

A luta

No primeiro round, não houve muita ação. Logo no começo do confronto, Abigail encurtou a distância, se esquivando das mãos potentes de Shields. O duelo seguiu disputado nas grades, com a multicampeã de boxe pressionada. Fora de sua zona de conforto, Claressa pouco conseguiu produzir e foi vítima da luta agarrada da adversária.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, roteiro semelhante à primeira. Montes, logo, encurtou a distância e partiu para a luta agarrada. Shields conseguiu se afastar e conectou dois cruzados no rosto da oponente. Claressa começou a se soltar e buscava o nocaute. Em desvantagem na trocação, Abigail buscou as pernas e levou a campeã de boxe para o chão. Por baixo, a pugilista fazia força para ficar de pé, mas Montes seguia colada e não permitia a evasão. O confronto acabou com Abigail pressionado Shields contra as grades.

PUBLICIDADE:

O último round começou com Shields tentando apagar o prejuízo dos rounds iniciais. Após nova investida da multicampeã de boxe, Montes voltou a investir na luta agarrada e anulava a rival. Na metade do assalto, Claressa conseguiu se desvencilhar e cercava a oponente. A pugilista soltou um overhand de direita, que raspou o rosto da rival. Após nova investida da pugilista, Abigail se aproveitou do descuido e conseguiu levar a rival para o chão. Por cima, Montes desferia golpes de cima para baixo e evitava a reação da adversária. Nos segundos finais, Montes passou a castigar Shields no ground and pound, mas não havia mais tempo.

Resultados da PFL #10

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Kayla Harrison finalizou Taylor Guardado com uma chave de braço a 4m do R2 – final do torneio

Peso meio-médio: Ray Cooper III derrotou Magomed Magomedkerimov por nocaute 3m02s do R3- final do torneio

Peso leve: Abigail Montes derrotou Claressa Shields na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pesado: Bruno Cappelozza derrotou Ante Delija na decisão unânime dos juízes (49-45, 48-46, 49-45) – final do torneio

Peso pena: Movlid Khaybulaev derrotou Chris Wade na decisão dos juízes (50-45, 50-45, 50-45) – final do torneio

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Antônio Cara de Sapato finalizou Marthin Hamlet com um mata-leão a 3m49s do R1 – final do torneio

Peso leve: Raush Manfio derrotou Loik Radzhabov na decisão dos juízes (48-46, 48-46, 49-46) – final do torneio

Peso meio-pesado: Jordan Young derrotou Omari Akhmedov por nocaute técnico a 1m32s do R3

Peso leve: Julia Budd derrotou Kaitlin Young na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve: Don Madge finalizou Nathan Williams com um mata-leão a 2m15 do R2

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS