Responsável por permitir massacre de Capoeira em rival, árbitro é duramente criticado por Cormier

Irritado com Vyacheslav Kiselev, estreante no evento, comentarista cita ‘pior performance na história do UFC’

B. Benoit Saint-Denis (esq.) foi derrotado por E. Capoeira (dir.) no UFC 267. Foto: Reprodução/Instagram

A luta entre Elizeu Capoeira e Benoit Saint-Denis no UFC 267, realizada neste sábado (30), acabou marcada negativamente após uma conduta polêmica do árbitro, Vyacheslav Kiselev. Estreante na empresa, o condutor foi responsável direto por um verdadeiro massacre aplicado pelo brasileiro no segundo round. Depois do confronto, Daniel Cormier usou as redes sociais para criticar o profissional, acusado de negligência por não ter interrompido o duelo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Honestamente, a pior performance que acompanhei de um árbitro na minha vida. É um trabalho difícil. Tenha respeito pelos bons, Jason Herzog, John McCarthy, Herb Dean e muitos outros. Detestei assistir àquilo. Espero que Benoit vá direto para o hospital”, escreveu DC, em sua conta no Twitter.

Citado diretamente por Daniel, McCarthy, lendário árbitro dos primeiros anos do Ultimate, também se manifestou contra Kiselev.

PUBLICIDADE:

“Eu acabei de assistir o pior trabalho dentro do UFC. Por favor, não o deixem fazer outra luta nunca mais”, publicou John.

Toda a confusão aconteceu na segunda etapa. Capoeira protagonizou uma ‘sessão massacre’ para cima de Benoit, que fazia seu debute no Ultimate. O francês, em dado momento, não conseguia se proteger e parecia nocauteado de pé.

PUBLICIDADE:

Mesmo dando show de resistência, o francês não conseguia apresentar reação. Elizeu chegou a questionar o árbitro durante o massacre, sugerindo uma interrupção.

PUBLICIDADE:

Depois da polêmica, o confronto seguiu. Depois de suportar uma verdadeira surra no octógono, Benoit conseguiu chegar até o fim do último round. No resultado oficial, o brasileiro foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?