Frankie Edgar deixa aposentadoria em aberto e faz desabafo sincero sobre dificuldades para decisão

Atropelado por Marlon Vera no UFC 268 e longe de disputa de cinturão dos galos, atleta analisa possibilidade

F. Edgar não garante aposentadoria após nova derrota. Foto: Reprodução/Instagram

Lenda do Ultimate, Frankie Edgar vive um momento de indecisão quanto sua permanência no MMA. Aos 40 anos, o antigo campeão do Ultimate desabafa sobre a possibilidade de deixar o esporte. O pensamento vem após a dura derrota sofrida diante de Marlon Vera no UFC 268.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Usman cinturão UFC 269

“Todos vão trazer a merd* do assunto sobre aposentadoria (depois da nova derrota) e não vou responder, porque eu não sei, honestamente. Apenas quero saber que, quando eu deixar o esporte, nunca mais voltarei, e não estou pronto para isso ainda. Não estou pronto para tomar essa decisão”, contou o veterano, em entrevista ao ‘Champ and the Tramp’.

Mesmo sem saber qual será o próximo passo com relação ao MMA, o lutador admite viver um episódio inédito. Antigo campeão dos leves (até 70,3kg.), o combatente não mostra a mesma motivação de antes para seguir no esporte.

PUBLICIDADE:

“Essa é a primeira vez depois de uma luta que não estou pensando na próxima. Não penso em retornar para a academia. Sei que nunca vou parar de treinar, independente do que eu decida. Vou voltar em breve, porque sou viciado, mas não penso nisso pela primeira vez na carreira”, encerrou.

Desde 2020, Edgar deu início a um novo desafio em sua carreira. Representante dos leves e penas (até 65,7kg.) no passado, o lutador migrou para os galos, no entanto, o tropeço contra Vera o afastou de uma luta pelo cinturão do grupo.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS