Com Masvidal fora, Chimaev ‘implora’ e Durinho também pede por luta contra Edwards no UFC 269

Atletas fazem pedido público para confronto contra número três no ranking em evento de 11 de dezembro

K. Chimaev (esq.) e G. Durinho (dir.) pediram luta contra L. Edwards no UFC 269. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Com a saída de Jorge Masvidal, Leon Edwards está sem adversário para o UFC 269, que acontece em 11 de dezembro, em Las Vegas (EUA). O que não faltam, no entanto, são candidatos para preencherem a vaga deixada pelo lesionado ‘Jesus das Ruas’. Nas redes sociais, Khamzat Chimaev e Gilbert Durinho se mostraram abertos para o duelo e estão à disposição.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Usman cinturão UFC 269

“Vamos lá irmão. Podemos fazer isso”, escreveu Chimaev, em sua conta no Twitter.

De acordo com Brett Okamoto, da ‘ESPN’, o empresário de Khamzat, Makdi Shammas, também vê com bons olhos a oportunidade. EM conversa com o jornalista, basta o UFC dar o ‘sinal verde’.

PUBLICIDADE:

“Podemos viajar amanhã”, disse o agente.

Sempre disposto a colaborar com o Ultimate e famoso por aceitar compromissos de última hora, Gilbert Durinho não ficou de fora. O atleta se ofereceu para encarar o inglês.

PUBLICIDADE:

“E aí, Leon Edwards. Você já está treinando. Me mantenha informado”, publicou o brasileiro.

PUBLICIDADE:

Outro que quer uma chance é Belal Muhammad, que já encarou Leon na temporada 2021. Vítima de um dedo no olho que resultou em ‘no contest’, em março, o atleta pediu a revanche.

“Da última vez, aceitei a luta com duas semanas de antecedência. Me dê quatro semanas desta vez. Estou pronto”, afirmou Muhammad.

Neste fim de semana, o embate contra Masvidal poderia garantir a Edwards sua sonhada chance de lutar pelo cinturão dos meio-médios (até 77kg.), em caso de vitória. A saída de Jorge, no entanto, coloca em dúvida o futuro do inglês, que ainda não sabe se seguirá no confronto.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?