Ex-campeão do UFC, Rampage Jackson mira mudança para o boxe e indica possível adversário

O ex-dono do cinturão dos meio-pesados alegou que não sente mais emoção no MMA e mostrou interesse em uma migração para a nobre arte

Rampage antes de luta pelo UFC. Foto: Divulgação/UFC

Oficialmente ainda considerado um lutador em atividade, o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg) Rampage Jackson não parece interessado em retornar ao MMA. O veterano norte-americano falou sobre sua longa carreira nas artes marciais mistas, mostrou interesse em migrar para os ringues de boxe e até indicou um possível adversário. A declaração foi dada em entrevista coletiva da ‘Triller Triad Combat’.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: Magoado com o UFC, Stipe Miocic mira em Jon Jones ou trilogia com Francis Ngannou para seu retorno

Veja Também

“Isso é uma coisa que as pessoas não entendem sobre mim. Luto MMA há muito tempo e luto contra os melhores do esporte. Eu ganho um pouco e perco um pouco, mas aquela emoção não está mais lá no MMA como quando eu comecei”, afirmou Rampage.

PUBLICIDADE:

O ex-líder dos meio-pesados mostrou interesse em passar a lutar boxe e até sugeriu o nome de um possível adversário: o veterano e também ex-campeão Shannon Briggs.

“Acho que Shannon seria uma luta de boxe muito difícil. Para ser honesto, não imaginei lutar com ele no Triad Combat, ou algo assim. Eu imaginei minha primeira luta de boxe em um ringue de boxe com luvas de boxe. Mas estou preparado para qualquer desafio que surgir no meu caminho”, finalizou Jackson.

PUBLICIDADE:

Campeão dos meio-pesados entre 2007 e 2008, Rampage não luta profissionalmente desde dezembro de 2019. Na ocasião, o norte-americano foi nocauteado pelo russo Fedor Emelianenko. Profissional desde 1999, o combatente possui um cartel no esporte de 38 triunfos e 14 reveses.

PUBLICIDADE:

 

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS