Renato Moicano pede por luta contra oponente ranqueado, caso vença seu próximo compromisso no UFC

Sonhando com vôos mais altos na categoria, o brasileiro pediu por um duelo contra um integrante da elite da divisão dos leves, caso vença Alexander Hernandez

R. Moicano comemora uma de suas vitórias no Ultimate Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Em preparação para a sua quarta luta na divisão dos leves (até 70,3kg), Renato Moicano acredita que pode dar saltos maiores, caso vença Alexander Hernandez no UFC 271. O lutador brasileiro enalteceu o seu próximo oponente e pediu por um rival ranqueado caso vença o confronto do dia 12 de fevereiro. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Junkie‘.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: José Aldo admite que cogitou aposentadoria e projeta ‘novo foco’, caso vença Rob Font no UFC Vegas 44

Veja Também

“Quero lutar com os melhores e acho que ele é bom. Ele lutou contra grandes nomes e eu acho que nós vamos ter um bom lugar no card. Vai ser dia 12 de fevereiro. Eu acho que (Israel) Adesanya faz a luta principal, então, vai ser um bom card e eu estou feliz por estar nesse evento e lutar contra (Alexander) Hernandez, então eu me sinto bem”, afirmou o lutador brasileiro.

PUBLICIDADE:

Ex-integrante do ranking dos penas do Ultimate, o lutador brasileiro pediu para enfrentar um oponente ranqueado, caso vença Hernandez no UFC 271.

“Eu sinto que vai ser um confronto emocionante (contra Hernandez). Vai ser uma boa luta para os fãs e eu espero que depois dela, eu enfrente um oponente ranqueado porque quando eu fui para os pesos leves, eu estava classificado entre os 10 melhores dos penas e eu ainda não lutei com um oponente ranqueado na nova categoria. Eu sei que sou um dos melhores do mundo, então eu quero a minha chance depois dessa luta”, finalizou Moicano.

PUBLICIDADE:

Com três lutas na nova divisão, Moicano possui uma derrota e duas vitórias. Após estrear finalizando Damir Hadžović em março de 2020, Renato foi nocauteado por Rafael Fiziev em dezembro do mesmo ano. A redenção na nova faixa de peso veio em junho de 2021, com outra vitória por finalização contra Jai Herbert. O combatente possui um cartel 15 triunfos, quatro reveses e um empate.

PUBLICIDADE:

Podcast #47: Ngannou defende cinturão no UFC 270 e Dana White ‘some’ + Whindersson Nunes luta neste sábado