Promotoria recebe adiamento para apresentar denúncia contra Jones em caso de violência doméstica

Preso em setembro, acusado de agredir esposa, lutador ainda aguarda posição oficial das autoridades de Las Vegas; nova audiência é marcada para janeiro

J. Jones (foto) foi preso recentemente acusado de violência doméstica. (Foto: Reprodução/Instagram @jonnybones)

Preso em setembro acusado de violência doméstica em um hotel em Las Vegas (EUA), Jon Jones ainda não sabe qual será o desdobramento do seu caso. De acordo com o ‘MMA Fighting’, em nota publicada nesta terça-feira (30), a promotoria responsável pelo caso teve o prazo ampliado para apresentar a denúncia contra o ex-campeão do UFC.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com o tempo prorrogado, uma nova data foi estabelecida. Agora, Jones aguardará até o próximo dia 31 de janeiro, quando acontecerá uma nova audiência.

Enquanto não há desdobramento oficial por parte das autoridades, Jones segue treinando e se preparando para seu retorno ao MMA. O atleta não atua desde fevereiro de 2020, quando derrotou Dominick Reyes e defendeu seu antigo cinturão.

PUBLICIDADE:

Entenda a polêmica envolvendo Jon Jones

Em 24 de dezembro, Jones compareceu a Las Vegas para aquele que deveria ser um dos dias mais importantes de sua carreira como pessoa e atleta. O lutador acabava de ser inserido no ‘Hall da Fama’ do UFC por sua luta contra Alexander Gustafsson, em 2013.

Condecorado, Jon foi preso horas depois após uma confusão no Caeser’s Palace, tradicional hotel da cidade. Tudo começou quando a noiva de ‘Bones’ procurou a segurança do estabelecimento.

PUBLICIDADE:

Segundo informações da polícia à época, a companheira do lutador apresentava sangue nos lábios e na roupa. Na ocasião, a mulher afirmou que havia ‘apanhado um pouco’.

PUBLICIDADE:

Na sequência, o lutador acabou detido. No processo para a prisão de ‘Bones’, o atleta, alterado, acabou amassando uma viatura com uma cabeçada. Além de detenção por suposta agressão, a lenda do UFC também foi indiciada por adulteração de veículo.

Podcast #47: Ngannou defende cinturão no UFC 270 e Dana White ‘some’ + Whindersson Nunes luta neste sábado