Engajado no ‘Triad Combat’, Belfort se empolga com luta pela organização e promete evento no Brasil em 2022

Envolvido diretamente no desenvolvimento do projeto, lenda prevê avanço da modalidade; atleta se apresenta em 26 de fevereiro

V. Belfort é uma das estrelas do ‘Triad Combat’. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos grandes responsáveis pela difusão do MMA no mundo, Vitor Belfort ‘mergulhou de cabeça’ no ‘Triad Combat’, evento que mescla boxe e artes marciais mistas. Estrela da empresa, o lutador está empolgado com a possibilidade de ajudar na evolução da modalidade. Em coletiva para a promoção de seu duelo contra Chad Dawson, com participação do SUPER LUTAS, o brasileiro falou o que a companhia precisa para crescer e confirmou o desejo de realizar um card no Brasil ainda em 2022.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quem a gente tem que trazer? Aqui é meritocracia. Se você tem seguidores, engajamento, se fez por merecer, você vai estar no ‘Triad’. Meritocracia é o melhor trabalho do mundo. O Brasil vai ser o grande exportador de campeões no ‘Triad’. (…) A gente não veio para tomar (o lugar) de ninguém. Cada um continua no seu ramo, mas, aqui, a gente tem um lugar que a gente se encontra no meio. É um lugar justo para o boxeador, para quem faz MMA, mas também para o wrestling, para o lutador de boxe amador, para quem joga futebol americano e gosta de agarrar. A luta não é só de longe, mas perto também. Será entretenimento”, afirmou o brasileiro.

Lenda das artes marciais mistas, Vitor construiu sua carreira atuando em diversas arenas ao redor do mundo. O atleta, no entanto, não esquece suas raízes e garante que há planos para realizar um evento em território brasileiro.

PUBLICIDADE:

“O Brasil merece ter um ‘Triad Brasil’, ainda este ano. Eu prometo que vamos estar aí ainda neste ano”, encerrou.

Depois de mais de dois anos de inatividade, Belfort retornou à ativa em setembro de 2021. Na ocasião, o ‘Fenômeno’ voltou aos ringues e encarou Evander Holyfield em desafio no boxe. Agressivo, o carioca não deu chances à lenda do pugilismo e nocauteou o veterano ainda no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Agora, Vitor se apresenta logo no início da temporada 2022. O ex-campeão do UFC dividirá ringue triangular com o ex-campeão mundial na ‘nobre arte’, Chad Dawson.

PUBLICIDADE:

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica