Cejudo desiste de ficar em córner de Yan no UFC 273 após ‘alfinetada’ do russo e responde à altura

Depois de aceitar convite de Petr para substituir treinador, ‘Triplo C’ usa redes sociais para provocar e confirmar ausência

H. Cejudo (esq.) havia indicado que participaria de córner de P. Yan (dir.) no UFC 273. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Antigo duplo campeão do Ultimate, Henry Cejudo desistiu oficialmente de participar do córner de Petr Yan no confronto contra Aljamain Sterling no UFC 273, que acontece neste sábado (9). A negativa ‘Triplo C’ aconteceu após uma provocação por parte do russo, que deu uma dica mal-recebida pelo campeão olímpico. Após o comentário do campeão interino dos galos, o norte-americano rebateu a investida e cancelou sua participação como um dos técnicos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Espero que (Henry) Cejudo e Sean O’Malley apareçam no meu córner no sábado. Só preciso me certificar que eles não me dêem conselhos de merd*. Apenas me passem a água e uma toalha e estarei bem”, disse Yan, em entrevista ao ‘The MMA Hour’.

A publicação de Petr acabou soando como desrespeitosa para Henry. Em nova fase como treinador, o ex-campeão do UFC fez questão de rebater o comentário do russo.

PUBLICIDADE:

“Desculpe, amigão. Não sou o garoto que entrega água. Seus joelhos e os esteroides de (Sean) O’Malley, é muita atividade ilegal para lidar”, retrucou Cejudo, em publicação no Twitter.

Em confronto histórico pela unificação do cinturão dos galos (até 61,2kg.) do UFC, Yan acabou perdendo um de seus treinadores para o evento por conta de problemas com o visto. Ao saber que não teria suporte do técnico, o atleta pediu auxílio a Cejudo. Pupilo do Ultimate, Sean foi outro que respondeu ao ‘socorro’.

PUBLICIDADE:

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276