Jones sofre, mas vence Gustafsson e defende cinturão no UFC 165

Campeão foi surpreendido com o coração e a estratégia do desafiante e precisou de cinco rounds para vencer uma luta equilibradíssima

Jon Jones mantem cinturão do UFC ao finalizar Quinton Rampage Jackson. Foto: Josh HedgesFoi mais sofrido que o esperado, mas Jon Jones confirmou o favoritismo e defendeu o cinturão dos meio-pesados do Ultimate. O desafiante Alexander Gustafsson mostrou grande coração e boa uma estrategia para trazer dificuldades ao campeão e ficar perto de vencer o duelo, mas no final acabou superado na decisão dos juízes. O combate foi a atração principal do UFC 165, evento realizado neste sábado (21), em Toronto, no Canadá.

A luta

PUBLICIDADE:

Assim que a luta começou todos esperavam um show do campeão, cotado como amplo favorito para o duelo. Porém, Alexander Gustafsson estava disposto a acabar com a festa. Com muita movimentação, trocação afiada e a defesa de queda em dia, o sueco complicou o jogo do norte-americano.

LEIARenan Barão nocauteia Wineland e desafia D. Cruz

PUBLICIDADE:

No primeiro round, Gustafsson tirou a vantagem da envergadura de Jon, acertou mais golpes e até derrubou o campeão pela primeira vez do UFC. Ao final, dos primeiros cinco minutos, era visível a irritação de Jones por sua atuação.

Na segunda parcial, o campeão buscou mais a luta, acertou alguns pisões no joelho do sueco, mas mais uma vez, parou na movimentação do rival. No terceiro assalto, Alexander voltou a ser melhor e mantinha o controle da peleja até o final do quarto round. Neste momento, a estrela do campeão brilhou.

Faltando pouco mais de 20 segundos para o fim do quarto round, Jones acertou uma cotovelada giratória e balançou o rival. O campeão ainda conectou mais golpes e conseguiu virar a parcial, com o desafiante sendo salvo pelo gongo.

PUBLICIDADE:

MAISWilson Reis e Michel Trator vencem no card preliminar

No último assalto, com a luta tecnicamente empatada os lutadores já exaustos devido ao grande combate, Jon conseguiu levar a luta para o solo pela primeira vez, mas o desafiante se levantou rápido. Quando o gongo soou anunciando o fim da da luta, os atletas foram aplaudidos de pé pelo público presente no Air Canadá Centre.

PUBLICIDADE:

Na decisão dos juízes, vitória de Jon Jones de forma unânime (48×47, 48×47, 49×46). O público canadense não concordou com a decisão e queria que Alexander Gustafsson fosse decretado o novo campeão.

“Essa noite foi chocante em todos os sentidos e eu não estou satisfeito com o que eu fiz. Eu trabalhei muito o meu boxe, mas talvez, necessariamente, eu terei que treinar mais”, afirmou Jones.

Confira abaixo os resultados do UFC 165:

Card principal 

Jon Jones derrotou Alexander Gustafsson na decisão unânime dos juízes – pelo cinturão dos meio-pesados

Renan Barão derrotou  Eddie Wineland por nocaute no R2 – pelo cinturão interino dos galos

Brendan Schaub finalizou Matt Mitrione com um triângulo de mão no R1;

Francis Carmont derrotou Costa Philippou na decisão unânime dos juízes;

Khabib Nurmagomedov derrotou Pat Healy na decisão unânime dos juízes;

Card preliminar

Myles Jury derrotou Mike Ricci na decisão dividida dos juízes;

Wilson Reis derrotou Ivan Menjivar na decisão unânime dos juízes;

Stephen Thopmson derrotou Chris Clements por nocaute técnico no R2;

Mitch Gagnon finalizou Dustin Kimura com uma guilhotina no R1;

John Makdessi derrotou Renee Forte por nocaute no R1;

 Michel Trator derrotou Jesse Ronson na decisão dividida dos juízes;

Alex Caceres derrotou Roland Delorme na decisão dividida dos juízes;

Daniel Omielanczuk derrotou Nandor Guelmino por nocaute no R3;

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Comentários

11 respostas para “Jones sofre, mas vence Gustafsson e defende cinturão no UFC 165”

  1. ismaelrosa disse:

    na minha opinião vergonha jon jones perdeu os 5 rounds so fez alguma coisa nos ultimos 20 segundos finais do 4º round e apanhou o resto foi ridiculo ele ainda continua campeão

  2. Leilson Rodrigues disse:

    A melhor piada q já em toda minha vida…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. lucas disse:

    jon jones claramente perdeu os tres primeiros rounds,so ganho no 4 e no 5 round mais uma vez o ufc demostrou que as lutas sao roubadas.

  4. Jimmy disse:

    Ficou evidente a derrota do JJ. Pensava em assinar o canal COMBATE, pq curto mto lutas e talz…mas dps de farsas seguidas com a luta do andersonxweidman, VitorxJJ(era pro Vitor ganhar, mas sabe-se lá por qual motivo ele soltou o braço do negão…) e CiganoxVelazquez eu deisisti, prefiro gastar meu dinheiro com outras coisas, não com essa farsa do caralho chamado UFC. Toma vergonha nessa cara, seu careca fdp Dana.

  5. POLICIAL_RJ disse:

    jones fez uma ótima luta,ele é um dos melhores dos tempos!sem palavras!!!

  6. Everton disse:

    O “Bones” levou uma surra do Sueco e ainda saiu com a vitória, lamentável, mais uma marmelada desses árbitros fajutos. Quem assistiu sabe que o Gustafsson levou os três primeiros rounds, onde JJ não fez nada, só apanhou.

  7. José disse:

    Apesar da sacanagem com o gustaffson, essa luta foi boa para escancarar a fraqueza do Jones…Movimentação.. Todo lutador que se movimentou bem com ele deu trabalho (Machida, Rashad Evans e Gustaffson). Por essa razão acho que o Glover não tem muitas chances com Jones, só anda pra frente…Vai tomar muito pisão e chute na cabeça.

  8. julio cesar disse:

    o gusta surpreendeu achei que seria mais uma massacre do j.j,me enganei so nao sei o criterio para cinturao,mas acho que tirando k.o ou finalização dificil arbitro ir contra um campeao tao incotenstavel como o j.j mas verdade seja dita a luta foi show na minha opiniao o gusta foi melhor ate 4 round aonde o j.j no final deu uma reviravolta ganho mesmo so 5 minha opiniao 49-48 para o gusta no maximo 48-48 dando um 10-10 no 2 round mas nao da para chorar nao disputa de cinturao tem que ser muito superior para ganhar pelos juizes mas de qualquer forma o gusta esta de parabens fez o q ninguem conseguiu derrubou,sangrou e fez o j.j andar o tempo todo para traz,
    OSS

Deixe um comentário

Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC