Santiago Ponzinibbio aponta Michel Pereira como ‘lutador espetacular’ e promete confronto divertido no UFC Vegas 55

Com exclusividade ao SUPER LUTAS, argentino analisa aguardado combate contra ‘Paraense Voador’, neste sábado

A dias do aguardado confronto contra Michel Pereira, Santiago Ponzinibbio não esconde a empolgação para enfrentar outro xodó da torcida brasileira. Destaque no UFC Las Vegas 55, que acontece neste sábado (21), o ‘Argentino Gente Boa’ falou com exclusividade ao SUPER LUTAS sobre o desafio contra o ‘Paraense Voador’. Respeitoso, o meio-médio (até 77kg.) tem expectativa de um embate divertido para os fãs.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Querido pelo torcedor tupiniquim, após participação no TUF (The Ultimate Fighter) Brasil 2, Santiago fará sua estreia na temporada 2022 do Ultimate. O atleta busca se recuperar da derrota sofrida para Geoff Neal, em dezembro do ano passado.

Torcida dividida

Com participação de destaque no TUF, Ponzinibbio conseguiu cativar parte do torcedor tupiniquim. Neste fim de semana, o argentino entende que medirá forças com outro atleta que goza de prestígio os fãs brasileiros. O lutador, então, fala sobre a possibilidade de ‘dividir a torcida’ no embate.

PUBLICIDADE:

“Eu amo o povo brasileiro, sempre representei. Meus treinadores são brasileiros, na maioria. Meus dois principais parceiros de treinos para essa luta foram brasileiros. É uma galera que eu tenho muito carinho. Sei que vai ter gente torcendo por mim, outra, não. Faz parte. Eu não gosto de lutar com brasileiros, se posso escolher. Eu não escolhi essa luta. A companhia ofereceu. A gente é profissional e vamos fazer um grande show. Tenho certeza de que vai ser uma grande luta e os fãs vão gostar”, garantiu.

Melhor momento

Antigo representante do topo dos meio-médios (até 77kg.), Ponzinibbio busca retomar seu antigo lugar de destaque na divisão. O atleta, que sofreu com problemas médicos, resultantes de um hiato considerável na carreira, analisa seu momento na carreira.

PUBLICIDADE:

“Voltei de um período de inatividade, de vários problemas de saúde. Deu trabalho voltar. Não foi fácil. Não tive os resultados que eu queria. Voltei, lutei com caras duros. Para essa luta, consegui atingir o nível que estava quando lutei na argentina. Sinto que estou no melhor momento da minha carreira. Tive uma preparação muito boa. Pensei que voltaria assim (do hiato), mas é complicado. Estar competindo é muito importante. Agora, estou me sentindo em um lugar muito bom e vou demonstrar no sábado”, admitiu.

PUBLICIDADE:

Respeito total a Michel Pereira

Disposto a retomar a escalada rumo ao topo dos meio-médios, Ponzinibbio sabe que terá um adversário duro pela frente. O argentino, então, não poupou elogios a Michel Pereira e garante que o adversário tem os ingredientes necessários para dar um grande show.

“Eu acho um lutador espetacular, um dos mais espetaculares da companhia. É perigoso, com poder de nocaute, e versátil. Me preparei para isso. Tomo essa luta como desafio. É um estilo de luta diferente. (…) Estou muito ansioso para que chegue sábado”, revelou.

Vantagens sobre Michel Pereira

Diante de um oponente conhecido pela imprevisibilidade, Santiago diz estar preparado para as ‘surpresas’ que possam ser apresentadas pelo brasileiro. Assim, o lutador aponta o que considera vantagens para superar o ‘Paraense Voador’.

“Eu tenho muita experiência dentro da organização, como lutador. Sou um atleta muito rodado. Preciso capitalizar as oportunidades da luta. (…) Estou preparado para trabalhar em todos os campos. Tenho um excelente treinador de wrestling, de jiu-jitsu. Na parte em pé (também). Estou muito bem treinado para qualquer âmbito que o combate for”, esclareceu.

O que espera do combate

Mesmo com respeito a Michel, Santiago está seguro de que deixará o octógono com um resultado positivo. O argentino evitou cravar o resultado, mas não escondeu a expectativa para o embate.

“Vai ser uma luta muito divertida para os fanáticos. Tenho poder de nocaute, vou buscar o nocaute. Se acontecer, bem. Se não, vou ficar batendo, dando show, por três assaltos”, encerrou

Histórico dos atletas

Profissional no MMA desde 2008, Santiago Ponzinibbio, de 35 anos, se encaminha para sua 34ª apresentação na modalidade. Hoje, o argentino soma 28 triunfos e cinco reveses.

Aos 28 anos, Michel Pereira atingirá a marca de 41 lutas nas artes marciais mistas. O ‘Paraense Voador’, acumula 27 triunfos, 11 derrotas e dois embates ‘sem resultado’.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276