Lucas Almeida quase é nocauteado, mas vira luta e supera rival em estreia no UFC Vegas 56

Após sobreviver a uma sequência de golpes no primeiro round, brasileiro melhora em pé e vence por nocaute no terceiro assalto

L. Almeida se superou e venceu em estreia no UFC. Foto: Reprodução/Twitter

Representante brasileiro no card principal do UFC Las Vegas 56, Lucas Almeida não teve vida fácil em sua estreia no Ultimate. Ex-Contender Series, o lutador foi acertado em pé e quase acabou derrotado por Mike Trizano, mas resistiu e se reinventou com um nocaute no terceiro round para conseguir a virada.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Assim, Lucas começa sua trajetória com o ‘pé direito’ na organização. Depois de passagem frustrada pelo ‘Contender Series’, o brasileiro se provou no ‘Jungle Fight’ e teve a aguardada chance com assinatura pela empresa de Dana White. Em sua carreira, são 15 lutas – com 14 vitórias e uma derrota.

Campeão da 27ª edição do ‘The Ultimate Fighter’, Trizano acaba nocauteado pela primeira vez na carreira. O norte-americano tem o cartel atualizado para nove resultados positivos e dois negativos.

PUBLICIDADE:

A Luta

O combate teve início com Lucas marcando a perna de Trizano em chutes baixos. O brasileiro, inclusive, se aproximava com facilidade e trocava bons golpes na curta distância. Mike, por sua vez, fintou e colocou a luta junto à grade. Já Almeida fazia bem a defesa, mas ‘sambou’ no octógono nos segundos finais após golpe forte de encontro aplicado pelo adversário.

Almeida respirou depois de final de assalto ruim, mas voltou ‘no coração’ para trocar golpes corajosos na guarda de Trizano. Lucas ‘deu o troco’ e aplicou uma bomba em Mike, que caiu no octógono. O brasileiro ainda tentou buscar as costas e abriu um corte em cabeçada não intencional no norte-americano por cima.

No terceiro assalto, o resultado. Lucas voltou melhor e soube aproveitar a brecha de Trizano em pé para conectar outra bomba de esquerda. Por cima, o brasileiro ainda colocou uma série de golpes antes da interrupção do árbitro.

PUBLICIDADE:

Movsar Evloev cresce em confronto, bate Dan Ige e mantém invencibilidade na carreira

M. Evloev (esq.) bateu D. Ige (dir.) no UFC Vegas 56. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Sem show, mas com domínio total. Promessa dos penas (até 65,7kg.), Movsar Evloev mostrou que está no caminho certo. Destaque na segunda luta mais importante do UFC Las Vegas 56, evento realizado neste sábado (4), o russo foi superior a Dan Ige e mantém invencibilidade na carreira.

PUBLICIDADE:

Com isso, Evloev segue bem em sua trajetória no MMA profissional. O lutador, agora, tem 16 triunfos em sequência – sendo sete por pontos – e cinco vitórias com as luvas do UFC.

Dan Ige, por sua vez, sente o ‘sabor amargo’ da terceira derrota seguida. Ele começou sua trajetória em 2011 e tem um retrospecto de 15 resultados positivos e seis negativos.

Resultados do UFC Las Vegas 56

CARD PRINCIPAL

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexander Volkov derrotou Jairzinho Rozenstruik por nocaute técnico a 2m12s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Movsar Evloev derrotou Dan Ige na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Lucas Almeida derrotou Mike Trizano por nocaute técnico a 55seg. do R3

Peso mosca (até 56,7kg.): Karine Silva finalizou Poliana Botelho com um triângulo de mão a 4m55s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Ode Osbourne derrotou Zarrukh Adashev por nocaute a 1m01s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Alonzo Menifield derrotou Askar Mozharov por nocaute técnico a 4m40s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso palha (até 52,1kg.): Karolina Kowalkiewicz finalizou Felice Herrig com um mata-leão a 4m01s do R2;

Peso leve (até 70,3kg.): Joe Solecki derrotou Alex Leko na decisão majoritária dos juízes ( 28-27, 28-28, 29-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Damon Jackson derrotou Daniel Argueta na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Benoit St. Denis finalizou Niklas Stolze com um mata-leão a 1m32s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Tony Gravely derrotou Johnny Muñoz por nocaute a 1m08s do R1;

Peso mosca (até 56,7kg.): Jeff Molina derrotou Zhalgas Zhumagulov na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Rinat Fakhretdinov derrotou Andreas Michailidis na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso mosca (até 56,7kg.): Erin Blanchifield finalizou JJ Aldrich com uma guilhotina a 2m38s do R2

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276