Promessa dos moscas, Mokaev não empolga, mas bate Johnson no UFC Londres e se mantém invicto

Considerado um dos atletas mais promissores da atualidade, o russo naturalizado britânico de 21 anos fez uma luta segura e venceu na decisão

M. Mokaev superou C. Johnson no UFC Londres (Foto: Instagram/UFC_Brasil)

Considerada por muitos a luta mais aguardada do card preliminar do UFC Londres, o duelo entre Muhammad Mokaev e Charles Johnson não atendeu às expectativas, mas teve o resultado esperado. Após três rounds técnicos, porém mornos, Mokaev superou Johnson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Visto como um dos atletas mais promissores do elenco do UFC, Muhammad Mokaev conquistou a segunda vitória no Ultimate e se manteve invicto na carreira. Aos 21 anos de idade, o russo naturalizado britânico tem agora oito triunfos e uma luta sem resultado em sua trajetória no MMA profissional.

Charles Johnson, por sua vez, estreia no Ultimate com derrota. O norte-americano tem agora 11 vitórias e três reveses na carreira.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Muhammad Mokaev começou a luta indo “à caça” de Charles Johnson, que tropeçou no octógono tentando sair do raio de ação do rival. O russo naturalizado britânico conseguiu encurtar a distância, agarrar o norte-americano e aplicar uma linda queda. Johnson, no entanto, rapidamente voltou a ficar de pé com Mokaev agarrado em suas costas. O norte-americano já apresentava um sangramento no nariz. Após alguma insistência, Mokaev conseguiu novamente tirar os pés de Johnson do chão e arremessar o norte-americano ao solo. Johnson novamente ficou em pé. O norte-americano conseguiu tirar Mokaev das costas. O russo-britânico aplicou nova queda, mas Johnson novamente se levantou de maneira rápida. Mokaev continuou em posição de domínio no grappling até o final do assalto.

O segundo round começou mais morno, com poucos golpes lançados no primeiro minuto. Os dois atletas chutaram ao mesmo tempo e Mokaev perdeu o equilíbrio, mas se levantou rapidamente. O russo-britânico tentou a queda, mas Johnson defendeu bem. Mokaev novamente atacou em queda e conseguiu colocar o rival sentado no octógono, com as costas na grade. Johnson se levantou e Mokaev rapidamente se posicionou nas costas do norte-americano. Com muita técnica, Mokaev conseguiu puxar Johnson para o solo e entrou na guarda do norte-americano. Johnson esboçou dois ataques ao braço de Mokaev, mas o russo-britânico defendeu bem e passou para a posição de 100kg.

Charles Johnson começou o terceiro round andando para a frente. Muhammad Mokaev, no entanto, rapidamente agarrou a perna esquerda do norte-americano e levou a luta para o chão. Johnson se levantou, mas Mokaev rapidamente aplicou um lindo suplex. Johnson se levantou novamente e conseguiu escapar temporariamente da pegada do russo-britânico. Mokaev não demorou a encurtar e agarrar novamente. Na reta final do combate, Johnson esboçou um ataque no pescoço de Mokaev, mas o britãnico defendeu bem.

PUBLICIDADE:

Ludovit Klein surpreende e domina Mason Jones na última luta do card preliminar

No encerramento do card preliminar, em duelo válido pela divisão dos leves (até 70,3 kg), Ludovit Klein surpreendeu e derrotou o favorito Mason Jones na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). Superior na luta em pé, o eslovaco conectou os melhores golpes e chegou a conseguir um knockdown no segundo assalto.

A vitória sobre Mason Jones foi a segunda consecutiva de Ludovit Klein no UFC. O “Mr. Highlight tem agora três triunfos e duas derrotas no UFC.

PUBLICIDADE:

Mason Jones, por outro lado, sofreu a segunda derrota da carreira. O galês chegou ao Ultimate invicto, mas tem apenas uma vitória, dois reveses e uma luta sem resultado desde que estreou no octógono.

Marc Diakiese faz luta segura e bate Damir Hadzovic na decisão dos juízes

M. Diakiese derrotou D. Hadzovic no UFC Londres (Foto: Instagram/UFC)

Na penúltima luta do card preliminar do UFC Londres, válida pela divisão dos leves (até 70,3 kg), Marc Diakiese derrotou Damir Hadzovic na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). Com bastante facilidade para colocar o bósnio para baixo, o congolês naturalizado britânico dominou os três assaltos e levou a vitória.

A vitória sobre Hadozvic foi a segunda consecutiva de Marc Diakiese no octógono do UFC. O congolês-britânico tem agora sete triunfos e cinco derrotas desde que chegou à organização, em 2017.

Damir Hadzovic, por outro lado, não conseguiu dar sequência à vitória conquistada sobre Yancy Medeiros em junho do ano passado. O bósnio-dinamarquês perdeu três das últimas quatro lutas.

‘À la José Aldo’ Nathaniel Wood ‘maltrata’ perna de Charles Rosa e vence na decisão

N. Wood derrotou C. Rosa no UFC Londres (Foto: Instagram/UFC)

Na sexta luta do UFC Londres, válida pela divisão dos penas (até 65,7 kg), Nathaniel Wood deu show e superou Charles Rosa na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26). Com o apoio da torcida, o britânico usou e abusou dos chutes na perna, levando o norte-americano à lona em diversos momentos da luta.

De volta ao octógono após quase dois anos afastado, Nathaniel Wood se recupera da derrota sofrida contra Casey Keeney em sua última luta, em outubro de 2020. O “Prospecto” tem agora cinco triunfos e dois reveses desde que chegou ao Ultimate, em 2018.

Charles Rosa, por outro lado, se vê em situação delicada após sofrer a terceira derrota consecutiva no octógono. O norte-americano tem apenas uma vitória nas últimas cinco lutas.

Jai Herbert bate Kyle Nelson de virada em luta amarrada

J. Herbert superou K. Nelson no UFC Londres (Foto: Reprodução/UFC)

Primeiro britânico em ação no UFC Londres, Jai Herbert bateu Kyle Nelson na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28) em duelo válido pela divisão dos leves (até 70,3 kg). Após ser neutralizado pelo canadense no primeiro round, o atleta da casa conseguiu controlar os dois assaltos seguintes, ainda que sem muita contundência, para sair com a vitória.

Ex-campeão dos leves do Cage Warriors, Jai Herbert conseguiu apenas a segunda vitória em cinco lutas no UFC. O britânico havia perdido três dos primeiros quatro combates na organização.

Kyle Nelson, por outro lado, se vê em situação complicada no Ultimate. O canadense sofreu a segunda derrota seguida e soma apenas uma vitória em cinco lutas no evento.

Em luta morna, Victoria Leonardo bate Mandy Bohm e vence primeira no UFC

V. Leonardo superou M. Bohm no UFC Londres (Foto: Instagram/UFC_Brasil)

Na segunda luta da noite, válida pela divisão peso mosca (até 56,7 kg), Victoria Leonardo derrotou Mandy Bohm na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). Em um duelo sem muitas emoções, a norte-americana controlou as ações contra a alemã e fez o suficiente para sair com a vitória.

Em sua terceira luta no Ultimate, Victoria Leonardo comemora sua primeira vitória na organização e respira aliviada. A norte-americana havia sido derrotada por Manon Fiorot e Melissa Gatto em seus dois primeiros combates no octógono.

Mandy Bohm, por outro lado, segue sem vencer no UFC. A alemã, que chegou invicta na organização, perdeu as duas lutas que fez no octógono.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC