Cody Garbrandt repete atuações do passado e se afasta de fase dramática com nocaute brutal no UFC 296

Ex-campeão dos galos volta a brilhar no octógono e brutaliza Brian Kelleher em desfecho avassalador

Cody Garbrandt em vitória no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

A estrela de Cody Garbrandt voltou a brilhar. Ex-campeão dos galos (até 61,2kg.), o atleta teve atuação de gala no card preliminar do UFC 296, realizado neste sábado (16), em Las Vegas (EUA). Diante de Brian Kelleher, o norte-americano repetiu as atuações do passado e se afastou do retrospecto dramático vivido nos últimos anos com nocaute avassalador no primeiro round.

A vitória dá moral para o ícone da divisão. O triunfo representa a segunda vitória consecutiva de ‘No Love’, que, antes do compromisso do fim de semana, amargava sequência de cinco derrotas nas últimas sete apresentações.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Nova vítima de Garbrandt, Kelleher teve o sinal de alerta ligado. O tropeço marcou a quarta derrota do norte-americano em seis embates no Ultimate.

O retorno do ‘velho’ Cody Garbrandt

O ex-campeão dos galos tomou a iniciativa no confronto, combinando jabs, diretos e chutes baixos. Kelleher economizava nos ataques e buscava encontrar a distância para levar o adversário para o chão. Passados quase dois minutos, Brian conseguiu se aproximar e passou a pressionar Cody contra as grades. Garbrandt defendia a queda e evitava o avanço do oponente. Na metade da etapa, Cody conseguiu se afastar e o desafio voltou a ser disputado no centro do octógono. Quase no minuto final, Cody obrigou Brian a caminhar para trás após sequência de jabs e diretos. Após resposta de Kelleher, Garbrandt conectou um direto limpo no queixo de Brian, que desabou de forma imediata. Percebendo a condição de Kelleher, o árbitro interrompeu o confronto.

PUBLICIDADE:

Resultados do UFC 296

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Leon Edwards derrotou Colby Covington na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 49-46) – luta pelo cinturão

PUBLICIDADE:

Peso mosca (até 56,7 kg): Alexandre Pantoja derrotou Brandon Royval na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 49-46) – luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Shavkat Rakhmonov finalizou Stephen Thompson com um mata-leão a 4m46s do R2

Peso leve (até 70,3 kg): Paddy Pimblett derrotou Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

PUBLICIDADE:

Peso pena (até 65,7 kg): Josh Emmett derrotou Bryce Mitchell por nocaute a 1m57s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado (até 93 kg): Alonzo Menifield derrotou Dustin Jacoby na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Irene Aldana derrotou Karol Rosa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Cody Garbrandt derrotou Brian Kelleher por nocaute a 3m42s do R1

Peso mosca (até 56,7 kg): Ariane Lipski finalizou Casey O’Neill com uma chave de braço a 1m18s do R2

Peso mosca (até 56,7 kg): Tagir Ulanbekov derrotou Cody Durden por finalização (mata-leão) a 4min25s do R2

Peso pena (até 65,7 kg): Andre Fili derrotou Lucas Almeida por nocaute técnico (socos) a 3min32s do R1

Peso pesado (até 120,2 kg): Shamil Gaziev derrotou Martin Buday por nocaute técnico (socos) a 56s do R2

Estatísticas do UFC 296

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297