Ariane Lipski finaliza rival e assume posição na elite do peso mosca após show no UFC 296

Brasileira não toma conhecimento de Casey O’Neil e, com atuação de gala, chega ao top 15 da divisão

Ariane Lipski em vitória no UFC 296. Foto: Reprodução/Twitter @UFC

Segunda brasileira a subir no octógono do UFC 296, realizado neste sábado (16), em Las Vegas (EUA), Ariane Lipski deu um verdadeiro show. Promessa do peso mosca (até 56,7kg.), a curitibana não decepcionou em seu maior desafio na carreira. Adversária de Casey O’Neil, a atleta não tomou conhecimento da rival e, com performance de gala, conquistou a vitória via finalização no segundo round.

Com a vitória, Lipski assumirá posição de destaque no top 15 da divisão na atualização semanal no ranking do Ultimate. Além de bater a 12ª do grupo, a brasileira amplia o bom momento, atingindo a marca de três resultados positivos em sequência.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Vítima de Ariane, Casey vive situação inédita na carreira. Pela primeira vez em sua trajetória como profissional no MMA, a lutadora sofre dois tropeços seguidos.

Só deu ela!

A luta começou com Lipski tomando a inciativa com uma sequência de jab e direto. O’Neil respondeu com um direto, mantendo o embate agressivo logo nos segundos iniciais. Ainda no primeiro minuto, Casey passou a apostar na luta agarrada e buscava a queda contra a brasileira. Na sequência, Ariane conseguiu se afastar e o embate voltou a ser disputado no centro do octógono. Na metade da etapa, Lipski balançou a adversária com um direto. A brasileira, no entanto, não se afobava e administrava a superioridade na trocação. Quase no minuto final, Ariane conseguiu uma queda, mas permitiu que a rival ficasse de pé. A estratégia da tupiniquim funcionava e Casey não conseguia impor seu ritmo.

PUBLICIDADE:

No segundo round, Lipski balançou Casey logo nos segundos iniciais com um jab de encontro. O’Neil foi à lona e a brasileira passou a agredir no ground and pound. Com a adversária no chão, a brasileira encaixou uma chave de braço e forçou a rival a bater em desistência.

Resultados do UFC 296

CARD PRINCIPAL 

PUBLICIDADE:

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Leon Edwards derrotou Colby Covington na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 49-46) – luta pelo cinturão

Peso mosca (até 56,7 kg): Alexandre Pantoja derrotou Brandon Royval na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 49-46) – luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Shavkat Rakhmonov finalizou Stephen Thompson com um mata-leão a 4m46s do R2

PUBLICIDADE:

Peso leve (até 70,3 kg): Paddy Pimblett derrotou Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena (até 65,7 kg): Josh Emmett derrotou Bryce Mitchell por nocaute a 1m57s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado (até 93 kg): Alonzo Menifield derrotou Dustin Jacoby na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Irene Aldana derrotou Karol Rosa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Cody Garbrandt derrotou Brian Kelleher por nocaute a 3m42s do R1

Peso mosca (até 56,7 kg): Ariane Lipski finalizou Casey O’Neill com uma chave de braço a 1m18s do R2

Peso mosca (até 56,7 kg): Tagir Ulanbekov derrotou Cody Durden por finalização (mata-leão) a 4min25s do R2

Peso pena (até 65,7 kg): Andre Fili derrotou Lucas Almeida por nocaute técnico (socos) a 3min32s do R1

Peso pesado (até 120,2 kg): Shamil Gaziev derrotou Martin Buday por nocaute técnico (socos) a 56s do R2

Estatísticas do UFC 296

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297