UFC FN 64: Napão e Cro Cop fazem revanche na estreia do octógono na Polônia

Brasileiro nocauteou o lendário croata há oito anos de forma surpreendente; reedição do duelo acontece neste sábado (11) em Cracóvia

Gonzaga (esq.) e Filipovic (dir.) fazem a luta principal em Cracóvia. Foto: Josh Hedges/UFC

Gonzaga (esq.) e Filipovic (dir.) fazem a luta principal em Cracóvia. Foto: Josh Hedges/UFC

Em 2007, Gabriel Napão chocou o mundo do MMA ao fazer o lendário croata Mirko Cro Cop experimentar seu próprio veneno e nocauteá-lo com um chute alto impressionante que o credenciou a disputar o cinturão dos pesos pesados. Agora, oito anos depois, Napão e Cro Cop voltarão a se reencontrar no octógono, em situações bem diferentes, na estreia do octógono mais famoso do planeta na Polônia, na luta principal do UFC Fight Night 64.

Veja Também

Napão bate 10 kg a mais que Cro Cop e confirma luta principal do UFC Polônia
UFC retira lutadores suspensos por doping de seu ranking oficial
Jorge Blade é flagrado no antidoping pelo uso de anabolizantes no UFC Rio 6

Vindo de duas derrotas consecutivas, para Stipe Miocic e Matt Mitrione, Napão segue no top-15 da categoria de pesos pesados, mas aparece apenas na 14ª posição. Em sua carreira, o especialista em jiu-jitsu tem um cartel de 16 vitórias e nove derrotas.

Já Mirko Filipovic, de 40 anos, possui um retrospecto de 30 vitórias, 11 derrotas, dois empates e uma luta sem resultado. O lendário nome da trocação, com um vasto cartel também no K-1, fez história nos tempos do extinto PRIDE e conquistou o GP Absoluto de 2006, batendo nomes como Hidehiko Yoshida, Wanderlei Silva e Josh Barnett. Cro Crop havia se aposentado em 2011, após uma série negativa no Ultimate, mas retornou ao MMA no ano seguinte e, desde então, conquistou três vitórias e uma derrota, todas em eventos na Rússia ou no Japão.

Estrela local, Błachowicz encara Manuwa

Blachowicz (foto) será o principal nome da Polônia no card. Foto: Josh Hedges/UFC

Blachowicz (foto) será o principal nome da Polônia no card. Foto: Josh Hedges/UFC

Para o público local, além da revanche entre Napão e Cro Cop, o UFC Polônia também poderá marcar a ascensão de uma estrela nacional. O peso meio-pesado Jan Błachowicz será o maior nome da casa no evento e fará a luta co-principal da noite, contra o perigoso britânico Jimi Manuwa.

Ex-campeão do evento polonês KSW, Błachowicz tem um cartel profissional de 18 vitórias e apenas três derrotas. O atleta de 32 anos vem de vitória arrasadora por nocaute sobre o sueco Ilir Latifi, em outubro do ano passado, em sua estreia no Ultimate.

Vice-campeão do TUF, Serginho volta após mais de um ano e meio

Serginho (foto) está afastado do octógono há muito tempo. Foto: Josh Hedges/UFC

Serginho (foto) está afastado do octógono há muito tempo. Foto: Josh Hedges/UFC

A última vez que o vice-campeão do TUF Brasil 1 Serginho Moraes pisou no octógono foi em agosto de 2013, quando venceu Neil Magny no UFC Rio 4. De lá pra cá, mais de um ano e meio se passou e o paulistano permaneceu afastado do esporte, devido a problemas físicos.

No card preliminar do UFC Polônia, Serginho terá a chance de voltar após o longo hiato diante do francês Mickael Lebout. Em sua carreira, o atleta da “Evolução Thai” tem um cartel de oito vitórias e duas derrotas.

Confira abaixo a ficha técnica completa do UFC Polônia:

DATA E HORÁRIO: 11/04/2015, a partir das 12h45m (Horário de Brasília);

Local: Tauron Arena, Cracóvia, Polônia;

Transmissão: Canal Combate.

CARD PRINCIPAL

Peso pesado (até 120 kg): Mirko Cro Cop x Gabriel Napão;

Peso meio-pesado (até 93 kg): Jimi Manuwa x Jan Blachowicz;

Peso meio-médio (até 77 kg): Pawel Pawlak x Sheldon Westcott;

Peso palha (até 52 kg): Joanne Calderwood x Maryna Moroz.

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77 kg): Seth Baczynski x Leon Edwards;

Peso médio (até 84 kg): Garreth McLellan x Bartosz Fabinski ;

Peso meio-médio (até 77 kg): Serginho Moraes x Mickael Lebout;

Peso pena (até 66 kg): Yaotzin Meza x Damian Stasiak;

Peso pesado (até 120 kg): Daniel Omielanczuk x Anthony Hamilton;

Peso palha (até 52 kg): Aleksandra Albu x Izabela Badurek;

Peso leve (até 70,3 kg): Marcin Bandel (69,8 kg) x Steven Ray (70,3 kg);

Peso pena (até 66 kg): Rocky Lee (65,3 kg) x Taylor Lapilus (65,7 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments