Werdum rebate técnico de Velasquez e propõe desafio contra seu mestre Rafael Cordeiro

Brasileiro disse que provocação de Javier Mendez não passa de estratégia para desviar a atenção de seu pupilo para o UFC 188

F. Werdum (esq.) quer que R. Cordeiro (dir.) encare Javier Mendez, enquanto ele pega Velasquez. Foto: Josh Hedges/UFC

F. Werdum (esq.) quer que R. Cordeiro (dir.) encare Javier Mendez, enquanto ele pega Velasquez. Foto: Josh Hedges/UFC

Líder da American Kickboxing Academy (AKA) e técnico de Cain Velasquez, Javier Mendez pôs ainda mais lenha na fogueira para a unificação dos cinturões linear e interino dos pesos pesados ao declarar que seu pupilo iria atropelar Fabrício Werdum e aplicar uma surra ainda maior do que contra Junior Cigano. Ao saber da provocação de Mendez, Werdum não deixou por menos, rebateu as críticas e ainda o desafiou para um embate contra seu mestre, e líder da Kings MMA, Rafael Cordeiro.

Veja Também

Assista ao vivo à pesagem do UFC on FOX 15, com Machida x Rockhold e Jacaré
Com o sonho de Anderson Silva, saiba quem do MMA já disputou as Olimpíadas
Campeão dos leves, Rafael dos Anjos passa por cirurgia no nariz
Prestes a enfrentar Weidman, Belfort garante: ‘Estou no auge das minhas habilidades’

“O treinador do Velasquez não costuma falar muito antes das lutas, você não vê muito isso. E dá para ver que o atleta dele não está muito bem. Cain não luta há dois anos, então, ele quer chamar atenção falando. Se ele é realmente o treinador do campeão, não precisa falar nada”, disse, ao site norte-americano “MMA Fighting”. “Se ele quiser, podemos marcar uma luta entre ele e o Rafael Cordeiro. Se ele quer mesmo falar, lute com meu mestre Rafael. Eu acredito que a luta acabaria com o Cordeiro dando um chute frontal no corpo dele. O Rafael geralmente faz isso. A luta acabaria com ele (Javier Mendez) caído. Nocaute. Chute no estômago”, completou.

Fabrício Werdum e Cain Velasquez se enfrentam no dia 13 de junho, na Cidade do México, na luta principal do UFC 188. O duelo acontecerá sete meses depois da data em que eles se enfrentariam originalmente, também no México. Na ocasião, em novembro do ano passado, porém, Velasquez acabou se lesionando, deixou o evento e foi substituído por Mark Hunt, que acabou derrotado por Werdum na disputa do cinturão interino dos pesos pesados.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments