Rockhold domina Lyoto, finaliza brasileiro e pede luta contra Weidman em Nova York

Na luta principal do UFC on FOX 15, brasileiro sofreu sua segunda derrota em três lutas e norte-americano chegou a quatro triunfos consecutivos por nocaute ou finalização

L. Rockhold (foto) finalizou Machida na luta principal do UFC on FOX 15. Foto: Josh Hedges/UFC

L. Rockhold (foto) finalizou Machida na luta principal do UFC on FOX 15. Foto: Josh Hedges/UFC

A noite do UFC on FOX 15 no Prudential Center, em Newark (EUA), até começou boa para o Brasil, com os triunfos de Diego Brandão e Ronaldo Jacaré. Mas na luta principal da noite, o brasileiro Lyoto Machida acabou dominado por Luke Rockhold e sofreu sua segunda derrota em três lutas, com uma finalização no segundo assalto.

Veja Também

Sem dificuldades, Jacaré volta a finalizar Camozzi e cobra chance pelo cinturão
VanZant atropela Herrig e leva a melhor em duelo de musas do UFC on FOX 15
Diego Brandão abre participação brasileira no UFC on FOX 15 com vitória por interrupção médica
UFC reserva data em ginásio para realizar evento em Nova York em dezembro

Com o triunfo sobre Lyoto, Rockhold ficou muito próximo uma chance pelo cinturão dos médios, disputando contra Ronaldo Jacaré em uma disputa acirrada o posto de próximo desafiante ao vencedor de Vitor Belfort e Chris Weidman. Sabendo disso, o atleta da American Kickboxing Academy (AKA) aproveitou para desafiar o atual campeão para um duelo em Nova York, casa do rival e apontada como parada do Ultimate no mês de dezembro.

“Vocês ouviram a minha música de entrada? Eu sou o melhor por aqui! Eu fiz minha parte. Weidman, você já fez a sua parte? Eu acho que nós estamos no mesmo caminho: Madison Square Garden (Ginásio em Nova York), vamos fazer história lá”, disparou Rockhold, em entrevista ao comentarista Joe Rogan, ainda no octógono.

Além disso, Luke também analisou a luta e disse que notou que teria a chance de vencer pela forma com que Lyoto reagiu após o fim do primeiro round. “Eu tive que ir no meu tempo, consegui embolar um pouco com ele e terminei com uma boa finalização. Vocês viram que quando ele foi para o córner… eu vi que algo não estava bem ali. Então, eu tentei voltar rápido e acabar com a luta”, revelou.

A luta

Após um início de combate tenso, Lyoto conseguiu conectar os primeiros golpes da luta, sempre de encontro no contragolpe, bem a seu estilo. Porém, logo em seguida, o brasileiro acabou com as costas no chão e tomou um sufoco do norte-americano no ground and pound. Até o fim da primeira parcial, Machida não foi capaz de evitar o jogo do rival e tomou um verdadeiro atraso entre as transições de Rockhold buscando a finalização e golpes duros na cabeça.

No início do segundo round, Lyoto deu mostras claras de que não havia se recuperado totalmente do castigo no primeiro assalto. Cambaleante e com pouca pressão, o brasileiro não ameaçou Rockhold, que levou a luta novamente para o chão sem dificuldades e com quase três minutos para trabalhar a posição. Com Machida quase não oferecendo resistência, o norte-americano precisou apenas de alguns segundos para pegar as costas e encaixar um mata-leão que colocou um ponto final no combate.

Esta foi a quarta vitória consecutiva por nocaute ou finalização para Luke Rockhold, o que o deixa no segundo lugar no quesito dentro do Ultimate – atrás somente da campeã peso galo Ronda Rousey . Em sua carreira, Rockhold chegou a 13 vitórias e apenas duas derrotas, a última delas para Vitor Belfort em sua estreia no Ultimate. Já Lyoto, agora tem 22 vitórias e seis derrotas.

Confira abaixo os resultados do UFC on FOX 15:

CARD PRINCIPAL

Luke Rockhold finalizou Lyoto Machida com um mata-leão no R2;

Ronaldo Jacaré finalizou Chris Camozzi com uma chave de braço no R1;

Max Holloway finalizou Cub Swanson com uma guilhotina no R3;

Paige VanZant derrotou Felice Herrigo por decisão unânime dos juízes.

CARD PRELIMINAR

Beneil Dariush derrotou Jim Miller por decisão unânime dos juízes;

Ovince St. Preux venceu Pat Cummins por TKO no R1;

Gian Villante venceu Corey Anderson por TKO no R3;

Aljamain Sterling finalizou Takey Mizugaki com um triângulo de mão no R3 ;

Tim Means finalizou Georges Sullivan com triângulo de mão no R3;

Diego Brandão venceu Jimy Hettes por TKO (interrupção médica);

Chris Dempsey venceu Eddie Gordon por decisão dividida dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments