UFC Goiânia: em combate bastante movimentado, Do Bronx finaliza Lentz

Brasileiro esteve perto de definir a luta no primeiro round, mas obteve finalização no assalto final com uma bela guilhotina

Do Bronx (foto) obteve vitória importante contra Lentz em Goiânia. Foto: Divulgação/UFC

Do Bronx (foto) obteve vitória importante contra Lentz em Goiânia. Foto: Divulgação/UFC

Com uma rivalidade apimentada entre os lutadores, a expectativa era alta para a luta entre Charles do Bronx e Nik Lentz no UFC Fight Night 67, em Goiânia. E dentro do octógono, o combate não decepcionou. Em um duelo extremamente movimentado, com bons momentos de ambos os atletas, Do Bronx levou a melhor e venceu com uma bela finalização, conquistando uma importante vitória em sua carreira.

Veja Também

UFC Goiânia: Carlos Condit quebra nariz de Thiago Pitbull e vence por interrupção médica
UFC Goiânia: Jason retorna com vitória e protesta contra corrupção do governo

Desde seu início, a luta se desenrolou em um ritmo frenético. Lentz tentava encurtar a distância e levar Do Bronx ao solo, mas o brasileiro respondia a todas as ações do norte-americano com agressividade. Ainda no primeiro round, Do Bronx quase nocauteou com uma joelhada certeira no abdômen de Lentz, mas o norte-americano surpreendentemente resistiu.

O segundo assalto, no entanto, foi favorável a Lentz, que conseguiu controlar a movimentação no solo e anular Do Bronx em boa parte do tempo. Quando os dois voltaram ao octógono para o round final, o clima era de decisão. E não deu outra: quando Lentz clinchou e tentou a queda, Do Bronx inteligentemente aplicou uma guilhotina, ainda em pé.

Lentz tentou se defender de todas as formas, mas não teve alternativas a não ser bater. Com o resultado, Do Bronx dá continuidade à boa fase em sua carreira, obtendo sua quarta vitória consecutiva; Lentz, em contrapartida, sofreu seu segundo revés em três lutas.

Outras lutas do card principal:

Massaranduba derrota Parke em decisão polêmica dos juízes

Parke (dir.) não esconde decepção com decisão dos juízes. Foto: Inovafoto

Parke (dir.) não esconde decepção com decisão dos juízes. Foto: Inovafoto

Veterano do TUF Brasil, Francisco Massaranduba derrotou Norman Parke na decisão dos juízes em Goiânia. O resultado, porém, gerou polêmica levando em conta o desenrolar do combate.

A estratégia de cada um era clara durante a luta. Massaranduba levava a melhor em pé, conectando bons golpes, mas o norte-irlandês trabalhava com mais eficiência no solo. Parke conseguiu quedas importantes no primeiro e terceiro rounds, conseguindo causar um dano maior no brasileiro, enquanto que, no segundo período, Massaranduba manteve a luta em pé e levou vantagem.

Ao término dos três rounds disputados, Massaranduba foi nomeado vencedor na decisão dividida dos jurados. Assim, o brasileiro vence a terceira seguida no Ultimate, enquanto que Parke perde sua segunda no UFC – e a segunda consecutiva contra um brasileiro, já que havia perdido para Gleison Tibau em janeiro.

Bodão derrota Jimmo em luta bastante morna

Bodão Jimmo

Bodão acerta Jimmo em luta bastante morna. Foto: Inovafoto

A terceira luta do card principal do UFC Goiânia acabou deixando a desejar para a torcida presente no ginásio. Francimar Bodão e Ryan Jimmo protagonizaram combate muito morno, repleto de clinche e com pouca efetividade, o que provocou vaias do público.

O carateca Jimmo tentava manter a luta na longa distância, mas Bodão tentava a todo momento encurtar. A diferença de estratégias resultou em um combate truncado, com escassos golpes limpos.

Jimmo, também atrapalhado por um chute do brasileiro em sua região genital no segundo round, não conseguiu impor seu jogo e acabou frustrado por Bodão. Com isso, a vitória ficou com o atleta da Nova União, que levou a melhor na decisão dos juízes.

Cowboy surpreende e finaliza Noons ainda no primeiro round

Cowboy obteve justo mata-leão contra Noons. Foto: Inovafoto

Cowboy obteve justo mata-leão contra Noons. Foto: Inovafoto

Mesmo tendo aceitado o combate em cima da hora, Alex Cowboy conquistou uma importante e surpreendentemente rápida vitória no UFC Goiânia. O brasileiro, que substituiu o doente Yan Cabral na atração, precisou de menos de um round para finalizar o veterano norte-americano KJ Noons.

O combate entre os dois meio-médios começou na trocação, com Noons apostando em seu boxe. Cowboy, no entanto, não fugia da luta, e tentava trocar de igual para igual com o ex-campeão do EliteXC. Depois, o brasileiro tentou a queda, e conseguiu levar Noons ao chão após certa resistência do havaiano.

No chão, Noons parecia tranquilo, mas Cowboy aproveitou um momento de distração do rival para encaixar um mata-leão. Noons não teve outra alternativa a não ser dar os “três tapinhas”, o que deu a Cowboy sua primeira vitória no UFC. Noons, em contrapartida, sofre sua primeira derrota em três lutas, após duas vitórias e um no-contest.

Resultados do UFC Goiânia:

CARD PRINCIPAL

Carlos Condit derrotou Thiago Pitbull por nocaute técnico no R2;

Charles do Bronx derrotou Nik Lentz por finalização no R3;

Alex Cowboy derrotou KJ Noons por finalização no R1;

Francimar Bodão derrotou Ryan Jimmo na decisão unânime dos juízes;

Francisco Massaranduba derrotou Norman Parke na decisão dividida dos juízes;

Darren Till derrotou Wendell Negão por nocaute no R2;

CARD PRELIMINAR

Rony Jason derrotou Damon Jackson por finalização no R1;

Jussier Formiga derrotou Wilson Reis na decisão unânime dos juízes;

Nicolas Dalby derrotou Elizeu Capoeira na decisão dividida dos juízes;

Mirsad Bektic derrotou Lucas Mineiro por nocaute técnico no R2;

Juliana Lima derrotou Ericka Almeida na decisão unânime dos juízes;

Tom Breese derrotou Luiz Besouro por nocaute técnico no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments