Dana White adota tom enigmático e dá a entender que luta de José Aldo não será cancelada

Burburinho iniciado após o anúncio da lesão do campeão brasileiro fez o dirigente se manifestar por meio das redes sociais

J. Aldo (esq.) e D. White (dir.): clima bom, só na foto. Foto: Reprodução

J. Aldo (esq.) e D. White (dir.): dirigente foi sucinto em comentário sobre lesão do brasileiro. Foto: Reprodução

O mundo do MMA foi pego de surpresa na tarde desta terça-feira (23) com o anúncio da lesão na costela sofrida pelo campeão brasileiro José Aldo durante seus treinamentos visando o UFC 189, e que poderia colocar em risco o tão aguardado duelo pelo cinturão peso pena contra o falastrão Conor McGregor.

Veja Também

José Aldo sofre fratura na costela e deve adiar luta contra Conor McGregor
Gustafsson revela ter pensado em se aposentar, mas comemora ‘segunda chance’ no UFC
Comercial de patrocinador de Aldo provoca McGregor: ‘Ninguém é rei por acaso. Acabou a graça!’
Anderson Silva cai mais uma posição no ranking do UFC e é ultrapassado por Barão
Técnico de Werdum diz que Velasquez merece revanche imediata pelo cinturão

O tumulto foi tanto, que o presidente do UFC Dana White resolveu se manifestar por meio das redes sociais sobre o assunto. Dana, porém, adotou um tom enigmático e, apesar de manter a esperança dos fãs ao dar a entender que o duelo entre Aldo e McGregor não deverá ser cancelado, deixou os torcedores com a pulga atrás da orelha.

“Relaxem, todos vocês”, escreveu o dirigente em seu perfil oficial no Twitter.

Rapidamente, a publicação de Dana se espalhou pelas contas de jornalistas do mundo todo e fãs de MMA, que especulam sobre o conteúdo – se, de fato, o presidente quer dizer que Aldo x McGregor segue de pé ou que já encontrou um substituto para o brasileiro.

Até o momento, apesar do anúncio da lesão do manauara, o duelo entre José Aldo e Conor McGregor segue como a luta principal do UFC 189, evento marcado pra o dia 11 de julho, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments