Anderson e Bisping batem o peso e aperto de mãos quase vira briga em encarada

Após a confusão, britânico chamou Spider de trapaceiro e disse que vai fazê-lo pagar no octógono

Anderson (esq.) e Bisping (dir.) tiveram que ser contidos por Dana White. Foto: Reprodução

Anderson (esq.) e Bisping (dir.) tiveram que ser contidos por Dana White. Foto: Reprodução

Os cumprimentos, ou a ausência deles, têm sido a tônica do duelo entre Michael Bisping e Anderson Silva no UFC Londres. Como era de se esperar, portanto, não foi diferente na pesagem oficial do evento, realizada nesta sexta-feira (26), na O2 Arena. Após baterem o peso e confirmarem o duelo no octógono, Anderson e Bisping até tentaram apertar as mãos, mas um desencontro entre os rivais quase acabou terminando em briga.

Veja Também

Frente a frente com Bisping, Anderson ficou com as mãos postas e se recusou a cumprimentar Bisping, que permaneceu com sua mão esticada. Quando o brasileiro mudou de ideia, foi a vez do inglês evitá-lo e uma intensa discussão teve início. Anderson então foi pra cima de Bisping e colou o rosto com o rival, que respondeu apontando o dedo e fazendo ameaças. Os dois seguiram trocando xingamentos até a intervenção do presidente Dana White.

PUBLICIDADE:

Após a confusão, Bisping voltou a provocar Anderson por seu doping e disse que vai fazê-lo pagar no octógono. “Muito obrigado a todos aqui. Quando eu entrar nesse cage amanhã, eu darei o meu melhor. Esse cara é um trapaceiro! Eu vou fazê-lo pagar, por todas as agulhas em seu traseiro. Eu vou fazê-lo pagar!”, bradou o inglês.

A resposta de Anderson, no entanto, não veio no mesmo tom e o brasileiro somente comentou sobre seu trabalho ao longo dos últimos mesmo. “Eu acho que sim. Eu vou trabalhar duro… eu venho trabalhando duro para dar o meu melhor sábado. É uma luta boa pra mim, boa para o Bisping. E vamos lá, esse é o show”, disse o Spider.

PUBLICIDADE:

No quesito peso, muita tranquilidade para ambos os lados. Michael Bisping foi o primeiro a entrar no palco, fazendo festa e sob muitos aplausos. O Conde subiu à balança e abriu uma bandeira do Reino Unido e bateu 84,3 kg. Já Anderson sequer retirou sua camisa para se pesar e bateu sem sustos os mesmo 84,3 kg.

PUBLICIDADE:

Thales e Mousasi confirmam luta co-principal

Único representante brasileiro no card londrino além de Anderson Silva, Thales Leites foi o penúltimo a subir na balança. Acompanhado por seu técnico e líder da Nova União Dedé Pederneiras, Thales bateu o peso sem sustos, mas usou a libra de tolerância para lutas que não valem o título, se apresentando com 84,3 kg). Já Gegard Mousasi, seu adversário na luta co-principal da noite, não precisou sequer da libra de tolerância e cravou 83,9 kg. Com sua habitual expressão facial neutra, o armênio-holandês desceu da balança sem demonstrar grandes reações e, no máximo, esboçou um leve sorriso para Dana White antes de se posicionar cara a cara com Thales.

Card preliminar teve encaradas tensas

O card preliminar do UFC Londres reúne atletas, teoricamente, de menor expressão, mas os ânimos não foram menos acirrados por conta disso. Entre as nove lutas programadas para a primeira porção do evento, diversas tiveram encaradas quentes e precisaram contar com a intervenção do presidente Dana White. Logo de cara, os pesos David Teymur e Martin Svensson colaram seus narizes. Logo em seguida, foi necessária a intervenção de Dana pois Teemu Packalen colou o punho esquerdo no rosto de Thibault Gouti. Mas a encarada pegou fogo mesmo entre Norman Parke e Rustam Khabilov. Os dois até se cumprimentaram a princípio, mas começaram a discutir e por pouco não partiram para a briga. O mesmo ocorreu entre Mike Wilkinson e Makwan Amirkhani, que fecham o card preliminar, e trocaram xingamentos e ameaças.

Descontraídos, rivais imitam Dragon Ball Z

Mas a primeira parte do card do UFC Londres não teve só cenas tensas. Um momento de pura descontração marcou a encarada entre Brad Scott e Kryztof Jotko. Os rivais apostaram na referência à animação Dragon Ball Z e simularam um duelo de kamehamehas (golpe tradicional do personagem Goku)

PUBLICIDADE:

Confira abaixo os resultados da pesagem do UFC Londres:

CARD PRINCIPAL

Peso médio (até 84 kg): Michael Bisping (84,3 kg) x Anderson Silva (84,3 kg)
Peso médio (até 84 kg): Gegard Mousasi (83,9 kg)  x Thales Leites (84,3 kg)
Peso meio-médio (até 77 kg): Tom Breese (77,5 kg) x Keita Nakamura (77,1 kg)
Peso galo (até 61 kg): Brad Pickett (61,7 kg) x Francisco Rivera (61,7 kg)

CARD PRELIMINAR 

Peso pena (até 66 kg): Mike Wilkinson (65,9 kg) x Makwan Amirkhani (65,9 kg)
Peso galo (até 61 kg): Davey Grant (61,7 kg) x Marlon Vera (61,2 kg)
Peso médio (até 84 kg): Scott Askham (83,9 kg) x Chris Dempsey (83,9 kg)
Peso pena (até 66 kg): Arnold Allen (65,9 kg) x Yaotzin Meza (65,3 kg)
Peso médio (até 84 kg): Brad Scott (84,3 kg) x Krzysztof Jotko (83,6 kg)
Peso leve (até 70 kg): Norman Parke (70,3 kg) x Rustam Khabilov (70,3 kg)
Peso pesado (até 120 kg): Daniel Omielanczuk (115,2 kg) x Jarjis Danho (118,4 kg)
Peso leve (até 70 kg): Teemu Packalen (70,7 kg) x Thibault Gouti (70,3 kg)
Peso leve (até 70 kg): David Teymur (70,3 kg) x Martin Svensson (69,4 kg)

Rivalidade à vista? McGregor provoca ex-campeão e leva resposta pesada

Leia Mais sobre: , ,


Comentários

Deixe um comentário

Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300