Campeão do TUF, Cara de Sapato perde de virada para judoca no UFC Brisbane

Brasileiro dominou os dois primeiros assaltos, mas acabou nocauteado no terceiro round

Sapato (esq.) acabou surpreendido por Kelly (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

Sapato (esq.) acabou surpreendido por Kelly (dir.). Foto: Josh Hedges/UFC

Apesar do início promissor, com duas vitórias em duas lutas no card preliminar, a participação brasileira no UFC Fight Night Brisbane terminou com um resultado negativo. Após dominar os dois primeiros assaltos, o campeão do TUF Brasil 3 Antônio Carlos “Cara de Sapato” foi surpreendido e acabou nocauteado pelo judoca australiano Dan Kelly no terceiro e decisivo assalto.

Veja Também

Viscardi e Nuguette vencem e Brasil fica 100% no card preliminar do UFC Brisbane
UFC Ottawa deverá contar com Cerrone x Coté
Barboza avisa McGregor: ‘Se enfrentar Dos Anjos, toma um pau’

No início da luta, Cara de Sapato não quis saber de trocação e quedou Kelly rapidamente. No chão, o brasileiro usou toda sua experiência no jogo de chão para controlar o australiano e, nas costas, trabalhar a posição de domínio. No entanto, o brasileiro não conseguiu a finalização, apesar de ter ameaçado sair em uma chave de braço na reta final da parcial.

No segundo assalto, o pupilo de Junior Cigano apostou na trocação e levou a vantagem no início do round, com bons golpes e uma joelhada voadora que abalou o rival. Porém, na reta final, Cara de Sapato tentou uma entrada de queda mal-sucedida e acabou por baixo de Kelly, que aproveitou para golpeá-lo e equilibrar o round.

Logo no início do último round, Cara de Sapato atingiu Kelly com uma joelhada na região genital, mas o australiano se recuperou prontamente. Aparentemente, o golpe baixo acendeu a chama do australiano, que veio com tudo e terminou a luta com uma sequência arrasadora no ground and pound.

Após o triunfo, o judoca australiano se empolgou nos microfones e prometeu que este é apenas o primeiro triunfo de sua trajetória de sucesso. “Mesmo aos 38 anos, eu vim pra ficar!”, garantiu Kelly, ao apresentador Jon Anik.

Primeiro neozelandês no UFC chega a quarta derrota seguida

Durou pouco a apresentação do primeiro representante da Nova Zelândia a pisar no octógono no card de Brisbane. James Te Huna foi nocauteado pelo ex-jogador de hóquei Steve Bossé em menos de um minuto e emendou sua quarta derrota consecutiva no Ultimate – o que possivelmente deve lhe custar seu emprego na organização.

Logo de cara, os adversários se estudaram no meio do octógono, mas foi o canadense quem tomou a atitude, e sua primeira iniciativa foi o suficiente para acabar com o duelo. Bossé marcou a distância com um jab de esquerda e terminou o serviço com um direto de direita certeiro no queixo, que deixou Te Huna inconsciente.

Confira os resultados do UFC Fight Night Brisbane:

CARD PRINCIPAL

Mark Hunt x Frank Mir
Hector Lombard x Neil Magny
Jake Matthews x Johnny Case
Daniel Kelly nocauteou Antônio Cara de Sapato (socos) a 1m36s do R3
Steve Bosse nocauteou James Te Huna (soco) aos 52s do R1
Bec Rawlings derrotou Seo Hee Ham em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 29×28)

CARD PRELIMINAR

Alan Jouban nocauteou Brendan O’Reilly com cotoveladas e socos a 2m15s do R1
Dan Hooker finalizou Mark Eddiva com uma guilhotina a 1m24sdo R1
Leslie Smith derrotou Rin Nakai em decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28 e 29×28)
Viscardi Andrade derrotou Richard Walsh em decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28 e 29×28)
Ross Pearson derrotou Chad Laprise em decisão dividida dos juízes (30×27, 28×30 e 29×28)
Alan Nuguette derrotou Damien Brown em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 30×26)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments