Rival acusa Amanda de ‘fugir’: ‘Seja uma campeã de verdade’

Julianna Peña critica brasileira por supostamente recusar lutas para esperar por duelo contra a ‘quebrada’ Ronda Rousey

J. Peña (foto) trocou farpas com a campeã A. Nunes. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Peña (foto) trocou farpas com a campeã A. Nunes. Foto: Josh Hedges/UFC

Atual quinta colocada no ranking oficial da divisão galo feminina do UFC, Julianna Peña voltou a acusar a campeã da categoria, a brasileira Amanda Nunes, de fugir de grandes desafios enquanto espera por uma luta com a antiga detentora do título Ronda Rousey.

Amanda conquistou o cinturão em julho deste ano, no UFC 200, quando finalizou Miesha Tate ainda no primeiro round. Dois meses após o triunfo, a brasileira ainda não tem previsão de quando fará sua primeira defesa de título.

Veja Também

Amanda pede por luta com Ronda: ‘Sei como bloqueá-la’
Amanda Nunes troca farpas com possível desafiante ao cinturão
Amanda Nunes propõe duelo entre Shevchenko e Peña: ‘Enfrento a vencedora’
Shevchenko pede revanche com Amanda: ‘Ela está com medo’

Em texto publicado em sua conta no Instagram, Julianna disse compreender as razões de Amanda, mas, mesmo assim, fez críticas à brasileira. “Amanda está fugindo de mim! Ela está esperando para lutar com Ronda. Lute comigo! Não a culpo. Ronda é a luta mais fácil da categoria agora. Ela está quebrada. Seria dinheiro fácil para Amanda”, ponderou.

No entanto, Peña destacou que, em sua opinião, a postura apresentada por Amanda é diferente do visto nas duas campeãs anteriores, Holly Holm e Miesha Tate, que defenderam seus títulos pouco depois da conquista. “Amanda está afastada como a campeã, quando todas as garotas antes dela não fizeram isso! Holly e Miesha são lutadoras de verdade. Elas não esperaram. Elas não esconderam seus cinturões na espera por um pagamento. Elas lutaram, agiram como uma verdadeira campeã deve agir. Elas olharam para a garota mais dura na fila e lutaram. Foi assim que Amanda teve sua chance!”, lembrou.

Mais do que isso, a “Megera Venezuelana”, como é conhecida, acredita que a atitude da brasileira pode privar o MMA feminino de grandes lutas. “Se todas ficassem esperando por Ronda, não teríamos tido Holly x Miesha e aquele final dramático que será lembrado por anos. Não teríamos Miesha x Amanda encabeçando o histórico UFC 200. Nada disse teria acontecido. Agora, temos a chance de lutar no primeiro evento em Nova York e você quer esperar? Seja uma campeã de verdade, entre na jaula e prove que você é a campeã”, disparou.

Peña, de 27 anos, vem incivta no UFC, com quatro vitórias em quatro lutas. Em seu último combate, também no UFC 200, bateu a ex-desafiante pelo cinturão Cat Zingano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments