Dan Henderson diz que Wanderlei Silva foi a luta mais dura de sua carreira

Veterano de 46 anos elegeu o brasileiro como seu “pior” adversário; eles já se enfrentaram em duas ocasiões

D. Henderson (esq) e W. Silva já se enfrentaram em duas oportunidades. (Foto: Getty Images)

D. Henderson (esq) e W. Silva já se enfrentaram em duas oportunidades. (Foto: Getty Images)

Veja Também

Henderson garante aposentadoria após luta com Bisping
UFC oficializa Bisping x Henderson e Belfort em outubro
Wanderlei Silva deixa aposentadoria e disputa GP absoluto do ‘novo Pride’
Wanderlei promete ‘meter a mão na cara’ de Cro Cop em GP do Rizin

Dan Henderson é conhecido por ser um dos maiores “cascas-grossas” da história do MMA. Com 46 lutas profissionais no cartel, já enfrentou diversos nomes respeitados mundialmente, casos de Anderson Silva, Maurício Shogun, Vitor Belfort, Fedor Emelianenko e companhia. No entanto, questionado sobre qual teria sido o adversário mais duro de toda sua carreira, o veterano de 46 anos elegeu um velho conhecido da torcida brasileira: Wanderlei Silva.

– Minha noite mais dura de lutas foi no Ring King of Kings, um torneio com 32 homens (Hendo venceu Gilbert Yvel, Rodrigo Minotauro e Renato Babalú na mesma noite). Essa foi, definitivamente, minha noite mais difícil de lutas. Em um só combate, talvez tenha sido a primeira vez que encarei o Wanderlei (Silva). Eu não estava na melhor das condições” falou Henderson ao site norte-americano Champions.co.

Wanderlei e Hendo já se enfrentam em duas ocasiões. Na primeira, em 2000, no Pride 12, o brasileiro saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes. O “troco” do norte-americano veio sete anos mais tarde, quando nocauteou o “Cachorro Louco” no terceiro assalto no Pride 33, em luta válida pelo cinturão peso médio da extinta organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments