Súmula relata agressões de Roy Nelson a árbitro Big John McCarthy

Além do chute, também foi relatado o gesto obsceno feito pelo lutador em direção ao árbitro

Nelson pediu desculpas por chute em Big John. (Foto: Super Lutas)

Nelson pediu desculpas por chute em Big John. (Foto: Super Lutas)

A agressão de Roy Nelson no árbitro Big John McCarthy, segundos após nocautear Antônio Pezão no UFC Brasília, evento realizado no último sábado (24), e os gestos obscenos feitos pelo lutador em direção ao árbitro podem render problemas para o atleta peso pesado do Ultimate. Isso porque as agressões física e gestual foram relatadas na folha oficial de resultados entregue à Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA). O documento, redigido ainda no sábado, após o episódio, só foi divulgado nesta segunda-feira (26).

Veja Também

Hangout SUPER LUTAS analisa tudo sobre o UFC Brasília
UFC Brasília: Roy Nelson nocauteia Pezão e chuta árbitro após o duelo
Vídeo: veja o chute de Roy Nelson em árbitro após a luta
Roy Nelson nega chute em árbitro no UFC Brasília: ‘Foi só um empurrão’

Na súmula, consta que “Roy Nelson chutou Big John e fez gesto obsceno em direção ao árbitro após término do combate”. Na entrevista coletiva de imprensa pós-luta, Nelson justificou a atitude por ter se irritado por uma eventual demora de Big John para interromper o duelo.

“Foi um empurrão. Foi mais tipo, ‘Qual foi?!’ Nós conversamos no octógono, eu disse, ‘Cara, ele estava nocauteado’, e ele, ‘Não estava, não’, e eu, ‘Cara, sei o que é um nocaute, eu nocauteio as pessoas para ganhar a vida, é o que faço.’ Só porque ele não virou os olhos ou tremeu não significa que não seja. (…) Eu não queria machucar o Pezão mais do que o necessário. Fui pego no momento porque era como se estivesse surrando alguém, e pensei, ‘Cara, já deu!’ Isso magoou meus sentimentos. Pedi desculpas ao Big John, mas não voltaria atrás. Me magoou ter que continuar batendo num cara que não precisava mais levar golpes”, se justificou Roy.

É importante lembrar que o próprio UFC já demitiu um lutador por um ato semelhante. Há dois anos, o norte-americano Jason High empurrou o árbitro Kevin Mulhall após ter sido nocauteado pelo brasileiro Rafael dos Anjos. À época, Dana White, presidente do Ultimate, julgou a atitude como “inadmissível” e demitiu o atleta. No caso de Nelson, porém, White ainda não se pronunciou.

Veja o chute de Roy Nelson em árbitro após a luta:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments