Holloway volta a criticar José Aldo: “Ele não merece a revanche com McGregor”

Havaiano garantiu que o brasileiro não tem motivos para reclamar e pediu por desafios maiores em sua carreira

Holloway voltou a criticar José Aldo. (Foto: Dave Mandel/Sherdog)

Holloway voltou a criticar José Aldo. (Foto: Dave Mandel/Sherdog)

Veja Também

Ex-campeão ‘convida’ Aldo para luta no Bellator
Empresário de Aldo ameaça entrar na justiça para romper contrato com o UFC
José Aldo declara aposentadoria do MMA: ‘Cheguei no meu limite’
Holloway ‘ataca’ José Aldo: “Está correndo de medo”

Max Holloway voltou a criticar o brasileiro José Aldo. Após dizer que Aldo estava com medo de enfrentá-lo, Holloway comentou sobre a polêmica decisão de Aldo se aposentar e afirmou que o brasileiro não merece a revanche com Conor McGregor. Para ele, o fato de ter perdido em apenas 13 segundos fez com que o público perdesse o interesse em assistir um novo confronto entre Aldo e o irlandês.

“Toda essa coisa com o Aldo, e todo mundo pensando que ele era o melhor por dez anos, que ele era imbatível e intocável. Aí toda essa coisa do Conor aconteceu, ele foi nocauteado e todo mundo ficou irritado por ele não ter tido a revanche depois dos 13 segundos. Esses caras precisam se educar dentro das artes marciais. Quantas vezes o Aldo foi retirado da luta principal? Sem contar as vezes com o Conor, quantas vezes o Aldo foi retirado de uma luta? Isso já aconteceu várias vezes. As pessoas ficam dizendo que o Aldo merece isso, merece aquilo. Como alguém pode merecer algo se já foi tirado várias vezes de todos os eventos? As pessoas dizem 13 segundos… quem nesse mundo quer ver uma revanche depois de 13 segundos? Eu garanto que ninguém quer ver isso”, falou Holloway, em entrevista ao site norte-americano ‘MMA Fighting’.

Apesar das críticas, Max foi sensato ao comentar sua atual situação na categoria e admitiu não ter a mesma fama de Aldo, mas ressaltou que precisa de apenas boas oportunidades para chegar ao mesmo patamar de seus adversários.

“Eu não sou um grande nome como Aldo.  Eu não sou tão grande quanto ele é agora, pois Aldo teve a oportunidade de lutar contra um grande nome e ele aproveitou, ele fez o seu caminho para o topo. Assim como McGregor fez. Ele lutou contra alguns grandes nomes para chegar a esse patamar. Onde está o meu grande nome que eu posso ir lá e bater? Eu venci Cub Swanson, eu venci Jeremy Sthepens, todo mundo estava me dizendo que queriam que eu lutasse com Frankie, e eu estive chamando Frankie. Antes de Chad Mendes ser suspenso, eu também estive chamando por ele. Droga, eu e minha equipe estava implorando por Frankie Edgar no UFC 205. Isso (não enfrentar grandes nomes) não é culpa minha”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments