Minotouro recebe a maior suspensão médica após o UFC São Paulo

Nocauteado na luta principal da noite, Rogério terá que ficar, no mínimo, 30 dias sem qualquer contato físico e 45 dias sem lutar

Minotouro foi dominado por Bader na luta principal do UFC São Paulo. (Foto: Getty Images)

Minotouro foi dominado por Bader na luta principal do UFC São Paulo. (Foto: Getty Images)

Veja Também

Hangout SUPER LUTAS analisa o movimentado UFC São Paulo
UFC São Paulo: Bader não dá chances e massacra Minotouro na revanche
Com atuação segura, Thomas Almeida atropela Morales no UFC São Paulo
UFC São Paulo: Brasileiros brilham em card preliminar movimentado

A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) divulgou nesta segunda-feira (21) as suspensões médicas dos atletas que lutaram no UFC São Paulo, realizado no último sábado (19), no Ginásio do Ibirapuera. Rogério Minotouro, que foi nocauteado por Ryan Bader na luta principal da noite, recebeu a maior suspensão do evento, e terá que ficar, no mínimo, 30 dias sem qualquer contato físico e 45 dias sem lutar.

Além de Minotouro, mais três lutadores terão que ficar 45 dias afastados do octógono: os pesos galo Albert Morales e Manvel Gamburyan, nocauteador por Thomas Almeida e Johnny Eduardo, respectivamente, e o brasileiro Francimar Bodão, que perdeu para Darren Stewart na primeira luta do card preliminar.

Já os brasileiros Thales Leites e Warlley Alvez, derrotas por pontos para Krzysztof Jotko e Kamaru Usman, respectivamente, não poderão lutar nos próximos 30 dias, mesma situação do próprio Jotko. Todos os outros atletas 15 atletas do card receberam a suspensão mínima de sete dias sem contato físico e 14 sem lutar.

Confira a lista de todas as suspensões médicas do UFC São Paulo:

Ryan Bader: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Rogerio Nogueira: 45 dias sem lutar e 30 sem contato físico;
Thomas Almeida: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Albert Morales: 45 dias sem lutar e 30 sem contato físico;
Claudia Gadelha: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Courtney Casey: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Thales Leites: 30 dias sem lutar e 21 sem contato físico;
Krzysztof Jotko: 30 dias sem lutar e 21 sem contato físico;
Warley Alves: 30 dias sem lutar e 21 sem contato físico;
Kamaru Usman: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Sergio Moraes: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Zak Ottow: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Cezar ‘Murante’: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Jack Hermansson: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Marcos Rogerio Pezão’: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Gadzhimurad Antigulov: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Johnny Eduardo: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Manvel Gamburyan: 45 dias sem lutar e 30 sem contato físico;
Luis Henrique ‘KLB’: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Christian Colombo: 30 dias sem lutar e 21 sem contato físico;
Pedro Munhoz 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Justin Scoggins: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;
Francimar ‘Bodão’: 45 dias sem lutar e 30 sem contato físico;
Darren Stewart: 14 dias sem lutar e 7 sem contato físico;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments