Maldonado quer substituir Wanderlei Silva em duelo contra Cro Cop

Lutador brasileiro se colocou a disposição para enfrentar Cro Cop no Rizin FF 3, em dezembro

Maldonado se colocou a disposição para enfrentar Cro Cop no Rizin FF 3, em dezembro. (Foto: Getty Images)

Maldonado se colocou a disposição para enfrentar Cro Cop no Rizin FF 3, em dezembro. (Foto: Getty Images)

Se depender do meio-pesado Fabio Maldonado, Mirko Cro Cop já tem um novo adversário para enfrentar no Rizin FF 3, marcado para o próximo dia 29. Maldonado, que tinha luta marcada para o Imortal FC 6, no próximo sábado (10), foi retirado do card por conta de um cirurgia na gengiva, mas garantiu que estará em condições de lutar novamente no fim do mês, se colocando a disposição para enfrentar o croata, que ficou sem oponente após o brasileiro Wanderlei Silva alegar uma contusão e deixar o evento.

Veja Também

Vídeo: Wand responde Cro Cop e chama rival de ‘frouxo’
Wanderlei Silva desiste de luta contra Cro Cop e irrita rival: ‘Galinha’
Maldonado ganha recurso e altera resultado contra Fedor para empate
Fedor Emelianenko sobrevive a enorme castigo e vence Maldonado na Rússia

“É rápida (a recuperação). Até falei que aceitaria substituir o Wanderlei. Acredito que não poderia lutar agora, mas mais adiante não teria problema. Ainda não me responderam, mas também não falei com Sartori (Stéfano, seu empresário). Estava num ritmo tão bom para lutar agora que acredito que, mesmo que se tivesse que ficar parado até quarta, conseguiria (fazer a luta com Cro Cop). Teria que ter uma liberação do “Fight Nights”. Se saísse essa liberação ficaria mais fácil. E eles (no Rizin) me aceitarem também” revelou o lutador, em entrevista ao site ‘Combate.com’.

Fabio Maldonado foi demitido do UFC no início deste ano, e acertou contrato com o evento russo Eurasia Fight Nights, onde já fez duas lutas. Em junho, ele enfrentou a lenda Fedor Emelianenko, em duelo bastante polêmico, que terminou, inicialmente, em vitória de Fedor. Posteriormente, a Associação Mundial de MMA (WMMAA) mudou o resultado para empate, após o brasileiro entrar com um recurso. Em seu duelo mais recente, ele foi novamente derrotado, dessa vez para Mikhail Mokhnatkin, em outubro. Aos 36 anos, o “Caipira de aço” tem um cartel profissional de 22 vitórias e 10 derrotas e um empate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments