UFC Halifax: Lewis consegue incrível virada sobre namorado de Ronda | SUPER LUTAS

UFC Halifax: Lewis consegue incrível virada sobre namorado de Ronda

Apenas um brasileiro venceu no evento realizado neste domingo (10); Hendricks estreou nos médios com vitória

       

D. Lewis nocauteou de virada (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

D. Lewis nocauteou de virada (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

Veja Também

O UFC Halifax agitou a noite deste domingo (10) com um evento recheado de boas atuações. O destaque fica para a virada conseguida por Derrick Lewis na luta principal. O “Black Beast” venceu Travis Browne por nocaute no segundo assalto, após quase ser nocauteado por repetidos chutes no estômago durante o round inicial. No segundo duelo mais importante da noite, Johny Hendricks estreou nos médios com boa atuação e a primeira vitória desde 2015 ao superar Hector Lombard, por decisão.

Dos três brasileiros que lutaram em Halifax, apenas Thiago Marreta se saiu vitorioso. Ele conseguiu um nocaute brilhante após chute rodada, e tendo perdido o primeiro round para Jack Marshman. Reginaldo Vieira e Cézar Mutante, este no card principal, perderam para Aiemann Zahabi e Elias Theodorou, respectivamente.

                                                                A luta principal

D. Lewis nocauteia T. Browne (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

D. Lewis nocauteia T. Browne (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

Com uma estratégia inteligente, Travis Browne começou melhor que Derrick Lewis, acertando o adversário com chutes e mantendo a distância, evitando trocar na curta. No meio do assalto, Hapa acertou o Black Beast com um duro chute no estômago, e ele sentiu, quase indo a nocaute. Browne repetiu o golpe, mas Lewis resistiu, apesar de sentir muita dor.

No segundo round, após excelente intervenção de seu córner, Derrick Lewis veio para matar ou morrer. E ele conseguiu mais uma vitória em seu currículo, após encurtar a distância e conseguir uma sequência impressionante de socos. Browne ainda tentou uma queda, mas ficou por baixo onde Lewis liquidou a fatura, colocando-se de vez na discussão sobre os melhores pesos pesados do mundo.

                                              Johny Hendricks x Hector Lombard

J. Hendricks (esq) venceu pela primeira vez desde 2015 (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

J. Hendricks (esq) venceu a primeira desde 2015 (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

Na sua estreia até 84 kg., Hendricks começou receoso, sem tempo de luta. E Lombard, mais adaptado à categoria, aproveitou, iniciando a luta agressivo e procurando explorar a hesitação do adversário. Apesar de ter conectado golpes duros, não conseguiu levar a luta para baixo e Big Rigg parecia à vontade ao fim do round inicial.

No segundo assalto, Hendricks começou a soltar seu jogo, investindo nas joelhadas de encontro no corpo do cubano, além de combinações de socos. Uma delas atingiu em cheio Lombard, que quase caiu, e seguiu investindo nas quedas – sem sucesso.

O terceiro round foi mais do mesmo: apesar de conseguir uma rápida queda e pegar as costas do norte-americano, Lombard, cansado, não conseguiu surpreender Hendricks, que parecia revitalizado, fazendo fintas de entradas de quedas para acertar uppercuts e diretos. No fim, vitória justa para o ex-campeão meio-médio, agora uma categoria acima.

                                                            Mutante x Theodorou

C. Mutante (esq) perdeu para E. Theodorou (dir) (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

C. Mutante (esq) perdeu para E. Theodorou (dir) (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

Apesar da boa exibição, Cézar Mutante teve sua sequência de três vitórias interrompidas com a boa atuação do canadense Elias Theodorou. O brasileiro começou melhor, soltando golpes duros com os punhos e fazendo o dono da casa pensar duas vezes antes de atacar. Após um primeiro round dominado por Mutante, Theodorou voltou melhor, investindo nas quedas e em golpes no clinche. O canadense dominava o centro do octógono e, mesmo desengonçado, soltava mais golpes que Mutante.

No terceiro round, o brasileiro errou ao investir em uma guilhotina que ainda não estava justa, e ficou por baixo. Theodorou aproveitou para marcar pontos, mas Mutante também pegou as costas e quase finalizou. Não foi o suficiente para dar a vitória, que ficou com o dono da casa.

Resultados UFC Halifax:

 

CARD PRINCIPAL 

Peso pesado: Derrick Lewis venceu Travis Browne por nocaute aos 3m12s do R2

Peso médio: Johny Hendricks venceu Hector Lombard por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pena: Gavin Tucker venceu Sam Sicilia por decisão unânime (3x 30-27)

Peso médio: Elias Theodorou venceu Cézar Mutante por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Peso galo: Sara McMann venceu Gina Mazany por finalização (Katagatame) a 1m14s do R1

Peso leve: Paul Felder venceu Alessandro Ricci nocaute aos 4m44s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio: Santiago Ponzinibbio venceu Nordine Taleb por decisão unânime (3x 29-28)

Peso palha: Randa Markos venceu Carla Esparza por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)

Peso galo: Aiemann Zahabi venceu Reginaldo Vieira por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Peso médio: Thiago Marreta venceu Jack Mashman por nocaute técnico aos 2m21s do R2

Peso médio: Gerald Meerschaert venceu Ryan Janes por finalização (chave de braço) a 1m34s do R1

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments