Cinco motivos para assistir o Bellator 180 neste sábado

Entre no clima do Bellator 180 e saiba porque você não pode deixar de acompanhar

Bellator 180 trará ídolos do passado e disputas de cinturão (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Bellator 180 trará ídolos e lutas de título (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

A noite deste sábado (24) promete para os fãs de MMA, O Madison Square Garden, em Nova York, será palco da maior edição da história do Bellator. O evento histórico, recheado de grandes nomes e disputas de cinturão.

Na luta principal, o ex-campeão meio-pesado do Pride Wanderlei Silva estreia na promoção contra o arquirrival e ex-desafiante a dois cinturões do UFC Chael Sonnen. No segundo duelo mais aguardado da noite, o mítico Fedor Emelianenko, considerado o maior peso pesado da história, enfrenta Matt Mitrione.

PUBLICIDADE:

Veja Também

E não é só isso. Além dos dois grandes eventos da noite, o Bellator 180 trará nada menos que três disputas de cinturão, incluindo uma delas na porção preliminar do show: Ryan Bader, ex-lutador do UFC, encara Phil Davis, campeão meio-pesado do Bellator, pelo cinturão até 93 kg. No card principal, outros dois campeões colocam seus cinturões em jogo. O brasileiro Douglas Lima, dono do título meio-médio, enfrenta Lorenz Larkin, enquanto o rei do peso leve, Michael Chandler, mede forças com Brent Primus.

Além disso, há espaço para duas grandes promessas. Aaron Pico, wrestler gabaritado e boxeador, faz sua estreia profissional contra Zach Freeman, enquanto James Gallagher, tido como o Conor McGregor do Bellator, luta contra o brasileiro Chinzo Machida, irmão de Lyoto, ex-campeão meio-pesado do UFC.

PUBLICIDADE:

1 – O retorno do Cachorro Louco 

Wand volta após quatro anos fora (Foto: Reprodução/Twitter/BellatorMMA)

Wand volta após quatro anos fora (Foto: Reprodução/Twitter/BellatorMMA)

No auge, Wanderlei Silva era o lutador mais temido do mundo. Campeão meio-pesado do Pride por vários anos, o brasileiro enfileirou adversários do quilate de Kazushi Sakuraba, Rampage Jackson e Hidehiko Yoshida (medalha de ouro no judô). Mais de 10 anos depois, porém, o Cachorro Louco volta ao MMA para provar que ainda pode ser útil. E terá um dos seus maiores rivais pela frente: Chael Sonnen.

PUBLICIDADE:

Os dois estavam marcados para lutar no UFC, quando chegaram a treinar equipes opostas no TUF Brasil. Problemas com o doping de ambos os lados fizeram com que a luta nunca se materializasse. Após se desligarem do Ultimate, ambos começaram um flerte com o Bellator e, aos poucos, foram sendo introduzidos aos fãs da nova companhia. Neste sábado (24), os dois terão a responsabilidade de liderar o maior evento da história da companhia.

E, para garantir boas vendas de pay-per-view, os dois chegaram a ensaiar uma nova briga, como aquela que ocorreu no set do TUF Brasil e que causou a expulsão do técnico assistente de Wand, André Dida. Desta vez, o presidente do Bellator, Scott Coker, ficou no caminho dos dois. Mas ninguém estará presente ao cage circular no sábado à noite.

2 – O Último Imperador

Aos 40 anos, Fedor é considerado o melhor pesado da história Foto: Divulgação

Aos 40 anos, Fedor é considerado o melhor pesado da história Foto: Divulgação

PUBLICIDADE:

Em 2003, ainda desconhecido do grande público, Fedor Emelianenko dominou o então imbatível Rodrigo Minotauro e tirou do brasileiro o título peso pesado do Pride. Ali iniciava de fato a trajetória de um dos maiores lutadores da história do MMA. História essa que terá um novo capítulo neste sábado (24), quando o russo enfrenta Matt Mitrione na segunda luta mais importante do Bellator 180.

Fedor chega para o duelo com o ex-UFC em uma fase curiosa de sua carreira. Apesar de vir de cinco vitórias seguidas, o russo não é tido como grande favorito para enfrentar o mediano Matt Mitrione. Isso porque, em sua última luta, quase foi nocauteado pelo meio-pesado brasileiro Fabio Maldonado, que não ganhou a luta na decisão por uma grande incompetência dos juízes laterais.

Ainda que o Último Imperador nunca tenha se dado tão bem nos Estados Unidos (suas três grandes derrotas foram lá), a expectativa do fã de MMA é que ele consiga uma boa performance, pelo menos uma última vez.

3 – Brasileiro defende o título

D. Lima é um dos melhores do mundo (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

D. Lima é um dos melhores do mundo (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Antes de as lendas do Pride entrarem em ação no Bellator 180, o brasileiro Douglas Lima entrará no cage em busca de reconhecimento. Apesar de só ter perdido duas vezes no Bellator, o atual campeão dos meio-médios segue subestimado e fora do radar dos fãs. Mas Lima terá pela frente um atleta mais famoso que ele: o ex-UFC Lorenz Larkin.

Caso consiga passar por “Da Monsoon”, Douglas se coloca como um dos melhores meio-médios do mundo. Para o presidente do Bellator, Scott Coker, porém, o brasileiro já está no topo de sua categoria, independente do evento.

Douglas Lima é um matador. E, digo mais, trata-se do melhor lutador meio-médio do mundo no momento”, comentou Coker, que já comparou Douglas Lima a Mike Tyson pelo jeito como o brasileiro nocauteia os adversários.

4 – Outras disputas de título

(Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

P. Davis (foto) enfrenta Ryan Bader  pelo título (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Além de Douglas Lima, outros dois campeões do Bellator colocarão seus títulos em jogo no sábado (24). Phil Davis enfrenta Ryan Bader pelo título meio-pesado, enquanto o dono do cinturão dos leves, Michael Chandler, defende sua coroa contra Brent Primus.

O duelo entre Davis e Bader servirá como luta principal da porção preliminar, ou seja, não estará na grande parte do show do Bellator 180. Talvez porque o primeiro encontro entre os dois, ainda no UFC, tenha sido abaixo da expectativa. Dois grandes wrestlers, eles se anularam e a vitória ficou com Bader, que agora precisa de novo triunfo sobre Davis para estrear na nova casa com o pé direito.

Michael Chandler segue absoluto como melhor peso leve do Bellator. Após a saída de Eddie Alvarez para o UFC, Chandler se estabeleceu como um dos melhores do mundo e perdeu o título apenas brevemente para Will Brooks, outro que migrou para o Ultimate. Na nova fase, porém, o norte-americano parece imbatível, tendo nocauteado Patricky Pitbull e dominado Benson Henderson. Contra o perigoso Primus, Chandler terá que usar toda sua experiência, contra o desafiante, que tem apenas sete lutas (e sete vitórias) na carreira profissional.

5 – A vez das promessas

J. Gallagher (foto) é comparado a C. McGregor (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

J. Gallagher (foto) é comparado a C. McGregor (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Não são só os veteranos e os astros estabelecidos que entrarão em ação no Bellator 180. O presidente Scott Coker e o matchmaker Rich Chou montaram um card que também desse espaço para jovens promessas do MMA.

Entre elas está o norte-irlandês James Gallagher. Invicto em sua carreira até agora com seis vitórias, o peso pena treina junto com Conor McGregor e tem sido comparado ao “Notorious”. Curiosamente, o lutador de apenas 20 anos enfrenta o brasileiro Chinzo Machida, que tem o dobro de sua idade, apesar de uma luta a mais no MMA. Chinzo, irmão de Lyoto, é condecorado no caratê e perigoso em pé. Um grande teste para Gallagher.

Outra promessa em ação é Aaron Pico. Apesar de não ter nenhuma luta profissional de MMA, o pedigree do norte-americano no wrestling e no boxe fez com que seu treinador Bob Cook o chamasse de “o maior prospecto da história do esporte”. Palavras fortes vinda do homem que descobriu e acompanha Daniel Cormier, Cain Velasquez e Luke Rockhold). Pico, que quase entrou para o time olímpico dos Estados Unidos na luta olímpica antes do 20 anos, enfrentará Zach Freeman, um veterano de 33 anos e 10 lutas de MMA.

Ficha técnica do Bellator 180

DATA E HORÁRIO: 24/06/2017, a partir de 20h (horário de Brasília)

LOCAL: Madison Square Garden, Nova York (EUA)

TRANSMISSÃO: Fox Sports (Card principal)

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Wanderlei Silva x Chael Sonnen

Peso pesado: Fedor Emelianenko x Matt Mitrione

Peso meio-médio: Douglas Lima x Lorenz Larkin

Peso leve: Michael Chandler x Brent Primus

Peso leve: Aaron Pico x Zach Freeman

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Phil Davis x Ryan Bader

Peso pena: James Gallagher x Chinzo Machida

Peso médio: Neiman Gracie x Dave Marfone

Peso mosca: Heather Hardy x Alice Yauger

Peso leve: Ryan Couture x Haim Gozali

Peso médio: Jerome Mickle x Anthony Giacchina

Peso meio-médio: John Salgado x Hugh McKenna

Peso mosca: Matt Rizzo x Sergio da Silva

Peso leve: Bradley Desir x Nate Grebb

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , ,


Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis