Após derrota por nocaute, Serginho pega gancho médico de dois meses | SUPER LUTAS

Após derrota por nocaute, Serginho pega gancho médico de dois meses

Brasileiro sofreu nocaute brutal nas mãos de Kamaru Usman e médicos da Comissão o afastaram por período estendido

S. Moraes (esq) foi noauteado por K. Usman (dir) Foto: Reprodução Facebook UFC

S. Moraes (esq) foi noauteado por K. Usman (dir) Foto: Reprodução Facebook UFC

O brasileiro Serginho Moraes foi superado por Kamaru Usman no UFC Pittsburgh do último sábado (16), ao ser nocauteado no primeiro round. O soco que levou do nigeriano fez com que médicos da Comissão da Pensilvânia decidissem suspendê-lo por dois meses, para permitir que o meio-médio se recupere totalmente do nocaute antes de voltar ao octógono.

Veja Também

Isso significa que ele não poderá ser chamado para lutar novamente nos próximos 60 dias. Além dele, outro atleta envolvido no evento recebeu o mesmo gancho: Jason Saggo, que também foi nocauteado, pelo brasileiro Gilbert Durinho em duelo peso leve. Krzysztof Jotko e Alex Reyes também sofreram nocautes brutais, de Uriah Hall e Mike Perry, respectivamente, e também foram afastados por dois meses.

A Comissão da Pensilvânia também suspendeu alguns atletas por períodos mais curtos. Casos de David Branch, que precisou pedir para o árbitro parar a luta principal contra Luke Rockhold. Ex-campeão de duas categorias no WSOF, o norte-americano foi suspenso por 45 dias, assim como Hector Lombard, derrotado por Anthony Smith. Outros quatro lutadores foram suspensos por um mês: Gregor Gillespie, Uriah Hall, Jason González e Anthony Hamilton. Por fim, Zu Anyanwu foi suspenso indefinidamente, e precisa da autorização de um oftalmologista para retornar ao octógono.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments