Cerrone retorna contra Medeiros na luta principal do UFC Austin

Cowboy norte-americano busca recuperação após três derrotas seguidos no peso meio-médio

D. Cerrone tenta acabar com má fase (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Apesar de ter flertado com um retorno à divisão dos leves, Donald “Cowboy” Cerrone permanecerá entre os meio-médios para sua próxima luta. Ele enfrenta o havaiano Yancy Medeiros na atração principal do UFC Austin, evento que acontecerá no dia 18 de fevereiro. A informação é do site norte-americano MMA Fighting. Curiosamente, Medeiros vem de vitória sobre Alex Oliveira, o “Cowboy” brasileiro.

Veja Também

Dos Anjos: ‘Serei o primeiro brasileiro ‘bicampeão’ do UFC’
Barboza não se preocupa com jogo de Khabib: ‘Só mais um’
Jimmie Rivera diz que Marlon rejeitou luta no peso pena para o UFC 219

Cerrone vem de três derrotas seguidas no peso meio-médio. Primeiro, o norte-americano foi nocauteado por Jorge Masvidal, em janeiro, depois perdeu para o ex-campeão da categoria Robbie Lawler, por decisão, em luta equilibrada no UFC 214, em julho. Depois, o ex-desafiante ao cinturão dos leves acabou sendo nocauteado no primeiro assalto pelo inglês Darren Till no UFC Polônia, em outubro. A derrota para Till fez Cerrone contemplar um retorno à divisão até 70 kg., ideia que não chegou a ser concretizada.

Já Medeiros vem em trajetória completamente oposta. Após também trocar a categoria dos leves pela dos meio-médios, o havaiano engatou sequência de três vitórias seguidas, incluindo triunfos por nocaute sobre os brasileiros Erick Silva e Alex Cowboy. Sua outra vitória foi diante de Sean Spencer, por finalização, no UFC 203, em setembro do ano passado.

O UFC Austin já tem outras quatro lutas confirmadas. Pelos pesados, Derrick Lewis retorna após lesão nas costas contra Marcin Tybura; nos galos, a ex-campeã do Invicta Tonya Evinger enfrenta Marion Reneau; último desafiante ao título mosca, Ray Borg mede forças com Brandon Moreno; e Sage Northcutt tenta construir sequência de vitórias contra Thibault Gouti.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments