Ferguson fica na bronca com o UFC por perder cinturão interino

Ferguson diz que deveria manter cinturão interino dos leves porque se lesionou em um compromisso oficial, faltando seis dias para o UFC 223

Ferguson reclama de ter seu título retirado. Foto:Reprodução/Youtube UFC)

Campeão interino dos leves (até 70,3 kg.), Tony Ferguson se lesionou no último final de semana e deixou a luta contra Khabib Nurmagomedov, pelo cinturão linear da categoria, faltando seis dias para o combate. O Ultimate não deu chances ao norte-americano e anunciou que irá retirar seu título. O reinado no peso será disputado entre Nurmagomedov e Max Holloway, campeão dos penas (até 65,7 kg.), que aceitou subir de divisão e encarar o russo sem tempo de preparação.

Veja Também

Khabib diz não entender Holloway e já pensa em superlutas contra McGregor e St-Pierre
Dana White sobre cancelamento de Ferguson x Khabib: ‘Nunca mais caso essa luta’
Dana White explica porque não convocou McGregor para o lugar de Ferguson no UFC 223

A decisão do UFC, visivelmente, frustrou Ferguson. O ainda campeão interino reclama que ele se lesionou durante um compromisso oficial do Ultimate e não poderia perder seu título.

“Eu não falei com o UFC ainda sobre o que vamos fazer depois. Quando vi o que eles fizeram (tirar seu cinturão), fiquei chocado. Me machucou ainda mais. Essa lesão foi algo que não podia controlar. O UFC não me disse nada sobre eu perder meu título. Você não deveria tirar o cinturão de um campeão por causa de uma lesão bizarra que aconteceu durante um evento de mídia obrigatório do UFC”, afirmou Ferguson durante o programa MMA Hour.

Tony ainda lembrou um fato acontecido em 2017, quando Robert Whittaker, então campeão interino dos médios (até 83,9 kg.), se lesionou e Michael Bisping, dono do título linear, defendeu seu reinado contra Georges St. Pierre, não tirando o cinturão do neozelandês.

“Existe um precedente para ter uma luta pelo título linear e manter um título interino intacto. Eles acabaram de fazer isso com Robert Whittaker ano passado. Só espero que eles façam a coisa certa”, completou.

UFC 223

Com a saída de Tony Ferguson da luta principal do UFC 223, o evento agiu rápido e convocou o campeão dos penas (até 65,7 kg) Max Holloway para encarar o russo Khabib Nurmagomedov pelo cinturão dos leves da organização. O show, que acontece no próximo sábado (07), em Nova York (EUA), terá outra disputa de título. A campeã dos palhas Rose Namajunas defende seu reinado contra a ex-campeã Joanna Jedrzejczyk. O Brasil estará representado no show pelo brasiliense Renato Moicano que encara Calvin Kattar no card principal. Confira abaixo o card completo do evento.

Programa de lutas do UFC 223

Card principal

Max Holloway x Khabib Nurmagomedov – luta pelo cinturão dos leves

Rose Namajunas x Joanna Jedrzejczyk – luta pelo cinturão peso palha feminino

Renato Moicano x Calvin Kattar

Michael Chiesa x Anthony Pettis

Al Iaquinta x Paul Felder

Card preliminar

Karolina Kowalkiewicz x Felice Herrig

Ray Borg x Brandon Moreno

Joe Lauzon x Chris Gruetzemacher

Evan Dunham x Olivier Aubin-Mercier

Alex Caceres x Artem Lobov

Bec Rawlings x Ashlee Evans-Smith

Devin Clark x Mike Rodriguez

Zabit Magomedsharipov x Kyle Bochniak

Notícias relacionadas