Após derrota no UFC Moncton, Golm leva suspensão médica de seis meses

Peso pesado Marcelo Golm, derrotado por Arjan Bhullar no card preliminar, pode ficar até 180 dias afastado

Golm (dir) foi derrotado por Bhullar (esq) (Foto:Reprodução/TwitterUFC)

Derrotado por Arjan Bhullar no card preliminar do UFC Moncton, realizado no último sábado (27), em duelo válido pela categoria peso pesado, Marcelo Golm recebeu outra má notícia. A Comissão responsável por legalizar o evento anunciou uma longa suspensão médica ao brasileiro, que pode ter que ficar longe das atividades por até seis meses, mas pode estar livre para voltar antes, caso receba a liberação depois de um raio-x no pé direito. Seu algoz pegou apenas 30 dias de ‘gancho’.

Veja Também

Smith consegue reviravolta incrível e finaliza Oezdemir na luta principal do UFC Moncton
UFC Moncton: Talita Bernardo bate canadense e vence a primeira no Ultimate; Marcelo Golm é derrotado

Além de Marcelo, mais cinco lutadores receberam 180 dias de suspensão: Nordine Taleb, Nasrat Haqparast, Chris Fishgold e os meio-pesados Anthony Smith e Volkan Oezdemir, que fizeram a luta mais importante do show, vencida pelo norte-americano por finalização no terceiro round. Todos, assim como Golm, podem ser liberados após passarem por avaliações médicas.

A brasileira Talita Bernardo, que conseguiu sua primeira vitória no UFC ao derrotar Sarah Moras, foi suspenso por apenas 14 dias, mesmo tempo de Patrick Cummins e Andre Soukhamthath, que também receberam a pena mínima.

Confira as suspensões médicas completas do UFC Moncton:

Anthony Smith: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um raio-x do tórax e da mão direita;

Volkan Oezdemir: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um raio-x da face e do tornozelo direito;

Nordine Taleb: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um oftalmologista;
Nasrat Haqparast: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um raio-x da mão esquerda;
Chris Fishgold: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um raio-x do pé direito;
Marcelo Golm: Suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um raio-x do pé direito;
Ed Herman: Suspenso por 60 dias
Gian Villante: Suspenso por 60 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Thibault Gouti: Suspenso por 60 dias sem treinar e 45 dias sem contato físico
Te Edwards: Suspenso por 60 dias sem treinar e 45 dias sem contato físico
Artem Lobov: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Jonathan Martinez: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Court McGee: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Arjan Bhullar: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Stevie Ray: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Jessie Ayari: Suspenso por 30 dias sem treinar e 21 dias sem contato físico
Patrick Cummins: Suspenso por 14 dias
Andre Soukhamthath: Suspenso por 14 dias
Talita Bernardo: Suspenso por14 dias

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário