Nick Diaz e Carlos Condit duelam por cinturão no UFC 143

Evento traz os brasileiros Rafael Sapo, Renan Barão e Fabrício Werdum em ação

Nick Diaz (esq.) encara Carlos Condit (dir.) pelo cinturão interino do UFC. Foto: Josh Hedges

No final de semana esportivo mais esperado do ano pelos norte-americanos, o UFC 143 desembarca na cidade Las Vegas, neste sábado (4) com disputa de título. E no clima do Super Bowl – a grande final do futebol americano – os meio-médios Nick Diaz e Carlos Condit disputam o cinturão interino da categoria, já que Georges St. Pierre, atual campeão, está afastado das competições devido a uma grave lesão no joelho. O programa de lutas do UFC 143 traz ainda três brasileiros em ação: Rafael Sapo, Renan Barão e Fabrício Werdum.

VEJA TAMBÉM
Debate em nosso Fórum tudo que acontece no UFC 143
Nick Diaz e brasileiros são cotados como favoritos no UFC 143 

A categoria de meio-médios viu durante os últimos anos um reinado absoluto de Georges St. Pierre. Mas depois de uma grave lesão no joelho, o canadense está afastado das competições e o UFC elegeu Nick Diaz, ex-campeão do Strikeforce, e Carlos Condit, ex-campeão do WEC, para disputarem o título interino do UFC. Guerreiro dentro do octógono e polêmico fora dele, Diaz foi mais cometido nas declarações que antecedem o duelo contra Condit. O norte-americano, que deixou o cinturão do Strkeforce para retornar ao UFC, elogiou seu adversário, mas prometeu uma luta fraca do início ao fim

“O Condit é o próximo que eu preciso passar. Ele tem um estilo de luta muito real, assim como o meu. Luta real mesmo, artes marciais mistas no melhor estilo. Comigo lutando, as pessoas podem ver um verdadeiro lutador, com mentalidade e ações de um guerreiro”, disse Diaz. Por sua vez, Condit esbanjou confiança na promoção do confronto e promete ser ele o dono do cinturão interino.

“Eu só sei que estou pronto. E estou pronto para estragar os planos de uma possível luta entre GSP vs Diaz. Quando o GSP voltar, eu serei o cara a enfrentá-lo”, disparou Carlos.

Brasileiros em ação no UFC 143
Primeiro brasileiro a subir no octógono, ainda no card preliminar, o mineiro Rafael Sapo terá pela frente o holandês Michael Kuiper, que fará sua estreia no UFC.  O faixa-preta tupiniquim tem um restrospecto na organização de uma vitória e uma derrota e precisa do triunfo para se firmar na categoria de médios.

Já no card principal, o potiguar Renan Barão, que encara o norte-americano Scott Jorgensen, busca a vitória que pode garantir a oportunidade de disputar o título dos pesos galos contra o vencedor de Dominick Cruz, atual campeão, e Urijah Faber.

Essa é mais uma luta muito importante que vai me ajudar a chegar ao meu grande sonho que é disputar o cinturão. Sonho muito com isso, tenho fé em Deus e vou correr atrás dos meus objetivos”, afirma Barão.

Fechando a participação tupiniquim no evento, Fabrício Werdum retorna ao Ultimate, depois de uma rápida passagem pelo Strikerforce, diante de Roy Nelson, vencedor da décima edição do The Ultimate Fighter, o reality show do UFC. Para o lutador gaúcho, que é especialista no jiu-jitsu, ele pode surpreender na luta em pé.

“O Roy Nelson é um grande lutador, tem mãos pesadas, mas eu tenho mãos pesadas também. Ele está vindo de uma importante vitória contra Cro Cop. Tenho certeza que será uma boa luta para os fãs do UFC e eu estou pronto para lutar”, disse Werdum

Confira abaixo o card completo do UFC 143, que terá transmissão ao vivo do canal Combate a partir das 22hs:

Nick Diaz vs Carlos Condit

Roy Nelson vs Fabricio Werdum

Josh Koscheck vs Mike Pierce

Renan Barão vs Scott Jorgense

Ed Herman vs Clifford Starks

Card Preliminar

Max Holloway vs Dustin Poirier

Jorge Lopez vs Matt Riddle

Alex Caceres vs Edwin Figueroa

Matt Brown vs Chris Cope

Dan Stittgen vs Stephen Thompson

Rafael “Sapo” Natal vs Michael Kuiper

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments