Anderson x Jones, expansão internacional, TUF: saiba os planos de Lorenzo Fertitta para o UFC

Lorenzo Fertitta abriu o jogo com internautas pelo Twitter. Foto: Divulgação

Lorenzo Fertitta é um dos homens mais importantes do esporte norte-americano. O CEO do UFC detém, ao lado do irmão Frank, 81% das ações da maior organização do mundo. Mas nesta sexta-feira,o dirigente, que não não concede muitas entrevistas, saiu da defensiva e bateu um longo papo com internautas de todo o mundo pelo Twitter.

Através do microblog, Lorenzo falou do futuro do UFC, interesses comercias e possíveis confrontos entre os astros da organização. Confira.

PUBLICIDADE:

Além dos principais duelos anunciados anteriormente, Lorenzo Fertitta também confirmou a data para o terceiro encontro entre Dominick Cruz e Urijah Faber. Os treinadores do TUF 15 vão se enfrentar no dia 7 de julho, provavelmente no UFC 148.

O mandatário falou também sobre algumas superlutas que povoam os pensamentos dos fãs. Sobre o possível duelo entre Anderson Silva e Jon Jones, Fertitta manteve o suspense: “Talvez”. Em compensação, Lorenzo disse a outro fã que acha uma “boa ideia” um superluta entre José Aldo e Frankie Edgar caso o atual campeão dos leves passe por Ben Henderson no Japão. Lorenzo só não afirmou se a luta seria na categoria de Aldo, de Edgar ou em peso combinado.

PUBLICIDADE:

Novidades também foram digulgadas sobre o reality show The Ultimate Fighter. Fertitta disse que o TUF Brasil será exibido no site oficial do UFC gratuitamente. Em compensação o TUF 15 não terá o mesmo destino, ficando apenas restrito à transmissão na televisão nos EUA. Lorenzo encerrou o assunto TUF com a informação que o Canadá receberá uma edição do programa.

Sobre o polêmico caso Nick Diaz, o dono do UFC disse que, enquanto durar a suspensão definida pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC, na sigla em inglês), Nick Diaz não poderá lutará nem nos países que não possuem órgãos reguladores, como o Brasil. Em compensação, o lutador voltará normalmente ao UFC após cumprir a punição.

PUBLICIDADE:

Em relação ao cinturão interino dos meio-médios, de posse de Carlos Condit, Lorenzo disse ainda não haver uma posição concreta sobre uma possível defesa do cinturão interino antes da luta de unificação com o campeão Georges St-Pierre. Caso Condit faça uma defesa antes de unificar, Fertitta disse que Johny Hendricks e Jake Ellenberger, este no caso de vitória na próxima quarta-feira, são candidatos legítimos ao posto de desafiante.

Expansão internacional foi outro assunto abordado, principalmente por fãs europeus e asiáticos. A eles, Fertitta disse que pensa em realizar eventos na Nova Zelândia, na Espanha, na Itália (definindo inclusive o local, Milão, já em 2013) e França (em Paris). O ano de 2013 ainda vai marcar a estreia do evento na China e na Índia.

Perguntado se ainda contrataria Fedor Emelianenko por um preço que considerasse justo, Fertitta não titubeou e respondeu: “Claro!” O CEO disse que o UFC tem interesse em contratar o campeão dos médios do Bellator Hector Lombard, assim como o atual desafiante Alexander Shlemenko, que venceu duas edições do torneio da categoria no evento rival.

PUBLICIDADE:

Quando indagdo sobre a luta que ele mais gostou de ver no UFC, Fertitta respondeu: “Uma luta que acabei de assistir no TUF Brasil e Matt Hughes vs Frank Trigg 2”. Já sobre o melhor lutador peso por peso e seu lutador preferido, Lorenzo nomeou Anderson Silva e Chuck Liddell, respectivamente.

Leia Mais sobre: ,


Comentários

Deixe um comentário

Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300