UFC retorna ao Japão neste sábado

Na luta principal da noite, o Frankie Edgar defende cinturão dos leves contra Ben Henderson

Edgar (esq.) defende título contra Henderson na volta do UFC ao Japão. Foto: Josh Hedges

O Ultimate desembarca ao Japão, neste sábado (25), para a realização do UFC 144. O evento, que não terá nenhum brasileiro no programa de lutas, traz como atração principal o duelo válido pelo cinturão dos pesos leves, onde Frankie Edgar defenderá seu reinado diante de Ben Henderson.

Com 14 vitórias e apenas uma derrota na carreira, Frankie  Edgar sempre foi um dos campeões mais discretos da organização. Embora pouco frondoso fora do octógono, Edgar não deixa dúvidas dentro dele. Sem perder desde 2008, é dono de um jogo completo – com destaques para suas habilidades como wrestler e striker -, um condicionamento físico excepcional e, como ficou claro após o empate com Gray Maynard na batalha de cinco rounds do UFC 125, um queixo resistente.

Agora, o campeão será posto à prova contra Ben Henderson, que manteve o título dos pesos leves do WEC por mais de um ano. Das 15 vitórias de sua carreira, oito vieram por finalização e duas por nocaute. A derrota para Anthony Pettis em 2010 – a mesma que lhe custou o cinturão do extinto evento – foi sua primeira desde 2007. “Bendo”, que desde então engatou uma sequência de três triunfos (total aproveitamento desde que chegou ao UFC), credenciou-se a disputar o cinturão após uma vitória sobre Clay Guida em novembro, em uma batalha premiada com o bônus de Luta da Noite.

“Ele tem um ótimo queixo, um grande coração e se mostrou um grande campeão, além de ser um cara muito legal. Será divertido ‘dançar’ contra ele”, declarou Henderson sobre o adversário.

Rampage volta para sua “segunda casa” contra Ryan Bader
Outro destaque do show será a volta de Quinton Rampage Jackson ao Japão. O norte-americano, que marcou seu nome na Terra do Sol Nascente encara Ryan Bader na segunda luta mais importante da noite.

Jackson está ansioso para retornar ao país onde virou lenda do esporte. Ostentando um estilo de luta agressivo, além do já famoso senso de humor, o carismático Rampage viveu, no PRIDE, sua época de ouro. Em 2007, tornou-se o primeiro campeão unificado do MMA, ao derrotar Dan Henderson e unir os títulos do PRIDE e do UFC. Seu laço com o Japão é tão forte que Rampage insistiu para participar do UFC 144.

“Tive muito sucesso aqui, mas a verdadeira razão pela qual estava tão ansioso para lutar no UFC 144 é o laço especial que tenho com os fãs japoneses”, declarou. “Senti muita falta de lutar aqui, com toda a energia do lugar e como eles vão à loucura, mas sempre de maneira respeitosa. Eu estava determinado a estar nesse card, devo ter pedido ao Dana (White) umas mil vezes. Honestamente, eu nem teria me importado de lutar no card preliminar, eu só queria estar aqui”, brincou Rampage.

Rampage tem algo em comum com seu adversário, Ryan Bader. Os dois viram boas trajetórias chegarem ao fim pelas mãos do atual campeão dos meio-pesados, Jon Jones. Bader, vencedor da oitava temporada do TUF e uma vez um dos maiores prospectos da organização, foi finalizado por Jones após uma sequência de quatro vitórias (além da final do Ultimate Fighter). Em seguida, perdeu para Tito Ortiz. Recuperado após uma vitória sobre Jason Brilz, o condecorado wrestler busca mostrar, este sábado, que merece seu lugar no topo: “Finalmente posso me provar de novo com uma luta como essa. É minha oportunidade de derrotá-lo e mostrar que pertenço ao topo da divisão”.

Confira abaixo o card completo do UFC 144, que terá transmissão ao vivo do canal Combate a partir das 23 hs:

Card principal:

Frankie Edgar vs. Ben Henderson
Ryan Bader vs. Quinton “Rampage” Jackson
Cheick Kongo vs. Mark Hunt
Yoshihiro Akiyama vs. Jake Shields
Tim Boetsch vs. Yushin Okami
Hatsu Hioki vs. Bart Palaszewski
Joe Lauzon vs. Anthony Pettis

Card preliminar:

Takanori Gomi vs. Eiji Mitsuoka
Vaughan Lee vs. Norifumi “Kid” Yamamoto
Steve Cantwell vs. Riki Fukuda
Chris Cariaso vs. Takeya Mizugaki
Tiequan Zhang vs. Issei Tamura

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments