Retrospectiva 2018: Relembre tudo que aconteceu no segundo semestre do ano

O ano de 2018 foi pra conta, mas para você lembrar o que de melhor aconteceu nesta temporada, confira nossa retrospectiva

Acompanhe os melhores momentos deste ano. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Em 2018, o Ultimate comemorou os 25 anos de sua criação com 38 eventos realizados. A maior organização de MMA mundial movimentou o mundo das lutas com muitas surpresas, estabelecimento de novos campeões e alguns momentos para se esquecer.

Veja Também

Retrospectiva 2018: Relembre tudo que aconteceu no primeiro semestre do ano
VÍDEO: Floyd Mayweather vence Tenshin Nasukawa no Rizin
Presidente do UFC revela que Aldo recusou luta principal do UFC Fortaleza
Vídeo: Amanda Nunes conta como foi conversa com Cris Cyborg ao final da luta

Para iniciar 2019 em grande estilo, nossa equipe preparou um especial para relembrarmos o que de melhor aconteceu de julho a dezembro de 2018 no UFC:

JULHO

Daniel Cormier nocauteou Stipe Miocic e se tornou o segundo lutador a conquistar dois cinturões simultaneamente

Daniel Cormier deixou as derrotas para Jon Jones pra trás e escreveu seu nome na história o Ultimate no dia 08 de julho. O norte-americano, que já ostentava o cinturão dos meio-pesados e ao nocauteou Stipe Miocic no primeiro round e levou para casa o título dos pesados. Com o triunfo, DC se juntou a Conor McGregor como os únicos atletas a terem dois cinturões do Ultimate de forma simultânea.

Após vencer Miocic, Cormier já projetou seu próximo duelo ao desafiar Brock Lesnar para um confronto. O oponente, famoso por sua história na WWE, estava na Arena subiu ao octógono, encarou Daniel e aceitou o desafio.

José Aldo venceu Jeremy Stephens no UFC Calgary e retomou o caminho das vitórias

Jose Aldo mostrou ao Ultimate o motivo de ser um dos maiores lutadores da história do MMA. O brasileiro nocauteou Jeremy Stephens de maneira espetacular no evento co-principal do UFC Calgary, realizado no dia 28 de julho. Com o triunfo, ‘Scarface’ se solidificou como o lutador peso pena com o maior número de vitórias na história do UFC/WEC, com 17, além de ser o atleta da categoria que mais finalizou seus duelos, com 10.

Conor McGregor aceita acordo com a justiça de Nova York após confusão no UFC 223 e foi liberado para lutar

Conor McGregor aceitou um acordo com a justiça norte-americana após o ataque ao ônibus que levava os atletas para o Media Day do UFC 223 em Nova York. O irlandês assumiu culpa de vandalismo e foi liberado de todas as acusações de agressão e crime grave. Com isso, sua ficha criminal ficou limpa, e ele pode voltar a lutar.

McGregor estava respondendo a mais de dez acusações, que incluíam crimes graves de agressão pelo ataque no evento do UFC 223. O lutador lançou objetos no veículo, o que incluiu um carrinho de carga, que quebrou as janelas e causaram cortes nos lutadores Michael Chiesa e Ray Borg, além de um funcionário do Ultimate.

Chuck Liddell e Tito Ortiz deixaram a aposentadoria e confirmaram luta que encerrou trilogia

Os ex-campeões meio-pesados ​​do UFC, Chuck Liddell e Tito Ortiz deixaram a aposentadoria e confirmaram a terceira luta pela terceira vez no final de 2018 pelo Golden Boy MMA. ‘Iceman’ derrotou o ‘Bad Boy de Huntington Beach’ nos dois primeiros embates por nocaute. O primeiro encontro foi em novembro de 2004, e o segundo embate foi em dezembro 2006.

AGOSTO

Henry Cejudo venceu Demetrious Johnson, conquistou o cinturão dos moscas e quebrou hegemonia do campeão

Henry Cejudo surpreendeu a todos que acompanharam o evento co-principal do no UFC 227 ao vencer Demetrious Johnson na decisão dividida dos juízes. O campeão olímpico destronou ‘Mighty Mouse’ do posto de maior campeão da história do Ultimate e conquistou o cinturão dos pesos moscas.

Cejudo encerrou sequência de 11 defesas de cinturão seguidas de Johnson e desafiou o campeão dos galos TJ Dillashaw para uma superluta pelo cinturão até 61,2kg.

TJ Dillashaw nocauteou Cody Garbrandt e manteve o cinturão dos galos

TJ Dillashaw colocou um ponto final da rivalidade com Cody Garbrandt em grande estilo na luta principal do UFC 227. O campeão dos galos precisou apenas de quatro minutos e 10 segundos para nocautear o arquirrival pela segunda vez. Com o triunfo, ‘Viper’ manteve o título dos galos e avisou que é o maior peso galo de todos os tempos.

Thales Leites anunciou aposentadoria

Com uma carreira de 15 anos no MMA profissional, Thales Leites aos 37 anos anunciou sua despedida da profissão no UFC São Paulo. Em sua última luta, o brasileiro derrotou Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28) e ‘pendurou as lutas’. Ele somou 37 lutas, com 28 vitórias e nove derrotas em seu cartel.

Após 12 anos no Ultimate, Gleison Tibau deixou o UFC

Após 19 anos de carreira no MMA profissional, sendo 12 deles no Ultimate, Gleison Tibau se despede do UFC após 28 combates. Depois de quatro derrotas consecutivas, o capixaba não teve o contrato renovado com a franquia. Aos 35 anos, ele deixou a organização após 28 combates, com 16 vitórias e 12 derrotas. Sua última luta no UFC, o brasileiro foi superado por Desmond Green em junho de 2018.

SETEMBRO

Nicco Montaño teve problemas com o corte de peso, foi afastada da luta no UFC 228 e Ultimate retira seu cinturão

Nicco Montaño estava escalada para fazer sua primeira defesa de cinturão dos moscas contra Valentina Shevchenko no evento co-principal do UFC 228. A lutadora foi levada ao hospital após ter problemas com o corte de peso e foi retirada do combate com a quirguistanesa.

O problema no corte de peso custou caro para Montaño. Após ser retirada de sua primeira defesa de cintura, a norte-americana foi destituída do posto de campeã da categoria de moscas pelo Ultimate.

Tyron Woodley finalizou Darren Till e manteve o cinturão dos meio-médios

Tyron Woodley é o campeão dos meio-médios desde 2016 e havia realizado três defesas de título bem sucedidas, mas ele ainda era contestado. ‘O Escolhido’ precisou de menos de dois assaltos para mostrar porque ele reina na divisão. Diante do inglês Darren Till, o norte-americano fez uma luta quase perfeita e conseguiu finalizar a peleja com um belo mata-leão no segundo round da luta principal do UFC 228.

Em estreia nos meio-pesados, Thiago Marreta venceu Eryk Anders e deu show em São Paulo

Thiago Marreta e Eryk Anders travaram uma guerra na luta principal do UFC São Paulo. Ao final do terceiro assalto, o brasileiro conseguiu a vitória por nocaute técnico, pois o rival não conseguia voltar ao centro do octógono para o quarto round. O ex-TUF mostrou boa evolução na defesa de quedas e um arsenal de golpes na luta em pé na estreia na divisão dos meio-pesados. Assim, o Ultimate encerrou a temporada de eventos em 2018 no Brasil.

Charles do Bronx derrotou Christos Giagos e quebrou recorde de Royce Gracie em número de finalizações

Charles do Bronx escreveu seu nome no Ultimate ao encaixar um mata-leão em Christos Giagos aos 3m22s do segundo roundo. Com isso, o brasileiro emplacou sua 11ª submissão e quebrar o recorde de finalizações da lenda Royce Gracie. O combate encerrou o card preliminar do UFC São Paulo.

OUTUBRO

Khabib Nurmagomedov finalizou Conor McGregor no encontro mais esperado de 2018

O UFC 229 realizou o aguardado embate entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor na luta principal da noite. O russo com uma atuação dominante finalizou o arquirrival com um mata-leão aos 3m03s do no quarto assalto. Com o triunfo, ‘Eagle’ manteve o título dos leves ao realizar a primeira defesa de cinturão e calou o ‘falastrão irlandês’.

Khabib partiu pra cima de Dillon Dennis e iniciou uma briga generalizada ao fim do UFC 229

O combate entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor no UFC 229 poderia ser uma das maiores lutas da história da franquia, porém o embate ficará marcado de outra forma. Após finalizar, o rival, Khabib saltou as grades do octógono e foi brigar com o técnico de jiu-jitsu de McGregor, Dillon Dennis. O russo ainda foi agredido pelas costas.
Do outro lado, integrantes da equipe técnica de Nurmagomedov invadiram o octógono e tentaram brigar com McGregor. Os seguranças não conseguiram conter a confusão e a polícia de Las Vegas precisou ser acionada para evitar uma confusão ainda maior.

Tony Fergunson nocauteou Anthony Pettis e se credenciou a disputa do cinturão dos leves

Em um combate franco, Tony Ferguson derrotou Anthony Pettis por nocaute técnico aos cinco minutos do segundo round. Ao final do assalto intermediário, ‘Showtime’ quebrou a mão não pode retornar ao octógono. Assim, o ex-campeão interino dos leves foi decretado o vencedor do combate. Após o triunfo no evento co-principal do UFC 229 e credenciou para ser o próximo desafiante ao título da divisão.

UFC e One FC realizam a primeira troca de atletas no MMA profissional

UFC e ONE Championship realizaram a primeira troca de atletas da história das artes marciais mistas.  O ex-campeão dos moscas, Demetrious Johnson assinou contrato com evento asiático, enquanto Ben Askren vai se juntou ao Ultimate. Trocas de atletas são comuns em outros esportes como na NFL e no NBA, mas MMA esse tipo de acordo nunca havia sido feito.

NOVEMBRO

Em uma reviravolta, Ronaldo Jacaré venceu Chris Weidman e quebrou sua hegemonia sobre os brasileiros

Depois de quase oito anos, Ronaldo Jacaré conseguiu quebrar a hegemonia de Chris Weidman sobre os lutadores do Brasil. O faixa-preta perdeu os dois primeiros assaltos para o ‘All American’, entretanto mostrou muita garra para abrir o jogo no terceiro round, nocautear o ex-campeão dos médios. Com o triunfo, ele voltou a sonhar com uma chance de disputa pelo cinturão da categoria.

UFC planeja a extinção da divisão dos pesos moscas masculino em 2019

Com a saída de Demetrious Johnson para o One Championship, o Ultimate optou por extinguir o peso moscas em 2019. Para finalizar as atividades da categoria, o Ultimate convocou a superluta entre TJ Dillashaw e Henry Cejudo pelo cinturão da divisão até 57kg no UFC Brooklyn.

Tito Ortiz vence Chuck Liddell  e se vinga em final de trilogia histórica

No retorno de duas lendas do MMA, Tito Ortiz ‘lavou a alma’ ao conseguir a primeira vitória sobre Chuck Liddell. O ‘Bad Boy de Huntington Beach’ nocauteou o arquirrival aos a 4m24s do primeiro round da luta principal do primeiro evento do Golden Boy MMA. ‘Iceman’ estava na frente do placar ao derrotar o oponente no UFC 47, em 2003 e no UFC 66, em 2006.

Ortiz retornou a aposentadoria após conquistar o triunfo mais esperado de sua carreira. Aos 43 anos, Tito somou 33 combates, sendo 20 vitórias, 12 derrotas e uma luta sem resultado a sua carreira no MMA profissional.

Kamaru Usman domina Rafael dos Anjos no TUF 28 Finale e se credencia para disputar o cinturão dos meio-médios

Kamaru Usman mostrou sua garra e dominou Rafael dos Anjos nos 25 minutos da luta principal do TUF 28 Finale. Com isso o ‘Pesadelo Nigeriano’ venceu o ex-campeão dos leves na decisão unânime dos juízes. Com o triunfo, o lutador emplacou sua 13ª vitória consecutiva e já mira na chance pelo cinturão dos meio-médios.

DEZEMBRO

Valentina Shevchenko domina Joanna Jedrzejczyk e conquista o cinturão dos moscas

Valentina Shevchenko revelou o motivo de ter vencido três vezes Joanna Jedrzejczyk no Muay Thai. A quirguistanesa aplicou sua estratégia e dominou a polonesa nos cinco rounds do evento co-principal do UFC 231. Assim, ‘Bullet’ saiu com a mão levantada com uma vitória por decisão unânime e com o cinturão dos moscas.

Em atuação quase perfeita, Max Holloway surpreendeu e venceu Brian Ortega no UFC 228

Max Holloway porque é o campeão dos penas do Ultimate. Em uma atuação quase perfeita, ele dominou o até então invicto Brian Ortega, castigou o rival durante 20 minutos e venceu o duelo por interrupção médica no final do quarto round da luta principal do UFC 228. Com o triunfo, o ‘Abençoado’ e defendeu seu reinado pela segunda vez.

Ultimate modifica local do UFC 232 após problema em antidoping de Jon Jones

Dana White pegou o mundo do MMA de surpresa ao anunciar a mudança de local do UFC 232 com menos de uma semana de antecedência. O evento não poderá ocorrer em Las Vegas, pois Jon Jones foi flagrado no exame antidoping no início de dezembro com vestígios de Turinabol, a mesma substância encontrada antes da luta com Daniel Cormier em 2017. Com isso, a Comissão Atlética de Nevada negou a licença para o meio-pesado subir no octógono no estado e o show foi transferido para Los Angeles.

Jon Jones venceu Alexander Gustafsson e reconquistou o cinturão dos meio-pesados

Jon Jones mostrou a todos que voltou ao Ultimate com tudo ao nocautear Alexander Gustafsson na luta principal do UFC 232, no sábado (29), em Los Angeles (EUA). Os dois primeiros rounds foram equilibrados, mas no terceiro assalto Bones derrubou o sueco e foi em busca do nocaute em pouco mais de dois minutos. Assim, o lutador reconquistou o cinturão dos meio-pesados do UFC.

Amanda Nunes surpreendeu o mundo, nocauteou Cris Cyborg e fez história no UFC 232

Amanda Nunes chocou o mundo ao nocautear Cris Cyborg aos 51 segundos do primeiro round do evento co-principal do UFC 232. Com o triunfo, a Leoa conquistou o cinturão dos penas da rival e tornou-se a primeira mulher campeã de duas categorias do Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário