Ngannou frustra retorno de Velasquez e vence ex-campeão em 26 segundos no UFC Phoenix

Depois de 953 dias afastado, retorno de Cain Velasquez ao UFC durou apenas 26 segundos; Ele torceu o joelho antes de perder por nocaute técnico

Ngannou (dir.) vence Velasquez (esq.) no UFC Phoenix. Foto: Reprodução / Twitter @ufc

Cain Velasquez ficou 953 dias afastado do octógono devido a uma séries de lesões. Mas o retorno do ex-campeão dos pesados durou apenas 26 segundos. O camaronês Francis Ngannou frustrou a torcida de ascendência mexicana, que lotou a Talking Stick Resort Arena, ao nocautear seu representante logo no início da disputa. O duelo foi a atração principal do UFC Phoenix, realizado neste domingo (17), no Arizona (EUA).

Veja Também

Kron Gracie finaliza Alex Caceres, quebra jejum da família e estreia com vitória no UFC Phoenix
Vídeo: Assista à finalização de Kron Gracie sobre Alex Caceres no UFC Phoenix
Vicente Luque sofre, mas vence Bryan Barberena no UFC Phoenix
UFC Phoenix: Renan Barão sofre duro nocaute e corre risco de demissão
VÍDEO: Assista o nocaute sofrido pro Renan Barão no UFC Phoenix

O final do combate ainda teve um drama adicional para Velasquez, já que antes de ser nocauteado ele torceu o joelho. A lesão abriu o caminho para o triunfo de Ngannou.

Com o resultado, Velasquez, que já foi considerado como um dos maiores pesados de todos os tempos, sofreu sua terceira derrota como profissional em 17 lutas. Por outro lado, Ngannou comprova ainda mais sua ascensão meteórica no MMA. O camaronês, que debutou no esporte em 2014 e disputou o título dos pesados no ano passado, volta a bater um grande rival e soma 13 vitórias e três derrotas.

A luta

Com clara desvantagem física diante de Ngannou, Velasquez sabia que deveria usar sua movimentação para trabalhar seus golpes e escapar da potência dos socos do camaronês. O norte-americano de ascendência mexicana até começou dessa forma quando trabalhou com um chute evitou uma bomba de direita disparada pelo rival. Mas embalado pelos gritos da torcida, Cain não tomou os devidos cuidados e encurtou a distância para a queda abrindo espaço para o Francis. No entanto, quando ele segurou as pernas de Ngannou, o joelho do ex-campeão torceu (veja o momento abaixo).

Velasquez perdeu o equilíbrio e o camaronês tirou proveito para faturar a peleja. Ele fez pressão, colocou o rival na lona e com mais dois socos chegou ao rápido nocaute técnico em apenas 26 segundos.

Resultados do UFC Phoenix

Card Principal

Peso pesado: Francis Ngannou derrotou Cain Velasquez por nocaute técnico a 26seg. do R1

Peso leve: Paul Felder derrotou James Vick na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso palha: Cynthia Calvillo derrotou Cortney Casey na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Kron Gracie finalizou Alex Caceres com um mata-leão a 2m06s do R1

Peso meio-médio: Vicente Luque derrotou Bryan Barberena por nocaute técnico a 4m54s do R3

Peso pena: Andre Fili derrotou Myles Jury na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Card Preliminar

Peso galo: Aljamain Sterling derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso galo: Manny Bermudez finalizou Benito Lopez com um triângulo de mão a 3m09s do R1

Peso mosca: Andrea Lee derrotou Ashlee Evans-Smith na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve: Nik Lentz derrotou Scott Holtzman na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha: Jessica Penne x Jodie Esquibel – luta cancelada

Peso galo: Luke Sanders derrotou Renan Barão por nocaute a 1m011s do R2

Peso palha: Emily Whitmire finalizou Alexandra Albu com um mata-leão a 1m01s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário