Jon Jones é amplo favorito contra Anthony Smith no UFC 235

Nas casas de apostas, campeão dos meio-pesados tem cotação de quase 6 pra 1 contra desafiante; Woodley também é favorito contra Usman

 

J. Jones é favorito no UFC 235. Foto: Reprodução/Instagram @ufcbrasil

Ícone do MMA mundial, o norte-americano Jon Jones vai entrar em ação, neste sábado (02), para defender o cinturão dos meio-pesado. No UFC 234, que será disputado na T-Mobile Arena, em Las Vegas, no Estados Unidos, Jones duela com o compatriota Anthony Smith. Na terra dos milionários cassinos, quem será que vai levar a melhor?

Nas casas de apostas, Jon Jones, de 31 anos, é visto como o grande favorito para vencer, cotado em R$ 1,162 a cada R$ 1,00 aplicado por você. É justificável! Em 24 lutas, ele teve 23 resultados positivos e apenas 1 negativo. Depois de ficar suspenso por ter sido pego no doping, ele está recuperando a sua força mental e a autoestima. Esta será a segunda luta após a punição de 15 meses afastado do octógono. No dia 29 de dezembro do ano passado, Bones encarou o sueco Alexander Gustafsson, e venceu por nocaute, com socos, no terceiro round.

Do outro lado do embate, Smith, de 30 anos, apelidado de “Lionheart”, o Coração de Leão, vem motivado por três triunfos seguidos para tentar surpreender e faturar o cinturão. Caso isto aconteça, o Oddsshark indica o retorno de R$ 6,50 para o investidor. O cartel dele é de 31 vitórias – sendo 17 por nocaute, 11 por finalização, 2 por decisões dos juízes e 1 por outro motivo não citado – e 13 derrotas.  Em outubro de 2018, ele venceu o suíço Volkan Oezdemir com um estrangulamento que terminou com o duelo.

Mais cinturão em jogo

No peso meio-médio, o americano Tyron Woodley e o nigeriano Kamaru Usman vão lutar para ver quem ficará com o cinturão. Ao contrário da disputa que citamos nos parágrafos acima, esta é mais equilibrada em relação aos valores de apostas.

Woodley, chamado também de “The Chosen One” (O Escolhido), atual campeão, conta com o retrospecto de 19 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Contra o inglês Darrent Till, com um estrangulamento, ele saiu vencedor no UFC 228, realizado no dia 8 de setembro do ano passado. A derrota mais recente do representante da terra do Tio Sam foi em 2014. Na ocasião, ele perdeu por decisão dos juízes para o canadense Rory MacDonald no UFC 174.

Já Usman, o “The Nigerian Nightmare” (O Pesadelo Nigeriano), tem 15 apresentações no maior campeonato de MMA da atualidade, sendo 14 resultados positivos e 1 negativo. Ele vem de uma luta bem-sucedida sobre o brasileiro Rafael dos Anjos em novembro do ano passado, tendo vencido no quinto round.

Novamente segundo o Oddsshark, o norte-americano paga R$ 1,57 para 1, contra R$ 2,50 do atleta africano.

Brasileiros no evento

Sim, também vamos ver nossos representantes no estado de Nevada. Pedro Munhoz, no peso-galo, desafia o americano Cody Garbrandt, na condição de visitante, rendendo R$ 2,40. Paulista, de 32 anos. Munhoz está com o cartel de 17 vitórias e 3 derrotas, vindo de um triunfo sobre o americano Bryan Caraway em novembro.

Entre as mulheres, a paraense Polyana Viana, chamada de “Dama de Ferro”, de 26 anos, luta na categoria peso-palha contra a americana Hannah Cifers. A brazuca contabiliza apenas 2 reveses em 12 apresentações, com 10 vitórias. Ela é favorita gerando a cota de R$ 1,28, com 28% de lucro.

Na última luta, Polyana perdeu para a também americana J.J. Aldrich no dia 4 de agosto de 2018, por decisão unânime, no terceiro round. Cifers também foi superada recentemente, pela compatriota Maycee Barber, em novembro. A dona da casa tem a campanha de 8 vitórias e 3 derrotas.

Confira as lutas e as cotas do UFC 235

 

CARD PRINCIPAL

A partir de 0h, horário de Brasília

Jon Jones (R$ 1,12) x (R$ 6,50) Anthony Smith – Peso-meio-pesado

Tyron Woodley (R$ 1,57) x (R$ 2,50) Kamaru Usman – Peso-meio-médio

Ben Askren (R$ 1,36) x (R$ 3,25) Robbie Lawler – Peso-meio-médio

Tecia Torres (R$ 2,10) x (R$ 1,72) Weili Zhang – Peso-palha

Cody Garbrandt (R$ 1,58) x (R$ 2,40) Pedro Munhoz – Peso-galo

CARD PRELIMINAR

Sábado, 2 de março de 2019, a partir das 20h15, horário de Brasília

Jeremy Stephens (R$ 3,00) x (R$ 1,40) GiZabit Magomedsharipov – Peso pena

Misha Cirkunov (R$ 2,10) x (R$ 1,72) Johnny Walker – Peso meio-pesado

Alejandro Perez (R$ 2,50) x (R$ 1,57) Cody Stamann – Peso-galo

Diego Sanchez (R$ 3,25) x (R$ 1,36) Mickey Gall – Peso meio-médio

Charles Byrd (R$ 4,00) x (R$ 1,25) Edmen Shahbazyan – Peso médio

Gina Mazany (R$ 4,00) x (R$ 1,25) Macy Chiasson – Peso galo

Marlon Vera (R$ 1,45) x (R$ 2,80) Frankie Saenz – Peso galo

Polyana Viana (R$ 1,28) x (R$ 3,75) Hannah Cifers – Peso palha

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário