Woodley projeta revanche imediata com Usman após derrota no UFC 235

Apesar de ter sido dominado durante cinco rounds, Woodley acredita que sua carreira no credencia para reencontro com o nigeriano

T. Woodley quer reconquistar o cinturão dos meio-médios. Foto: Reprodução/Instagram @twooodley

Tyron Woodley perdeu o reinado na divisão de meio-médios (até 77.1 kg.) no UFC 235. O ex-campeão, que reinou na divisão durante três anos, foi superado pelo nigeriano Kamaru Usman na decisão unânime dos juízes. Porém, apesar de ter sido dominado por seu algoz durante cinco rounds, o norte-americano projeta uma revanche imediata diante do novo campeão.

Veja Também

Usman vence Woodley, conquista cinturão dos meio-médios e se torna o primeiro africano campeão do UFC
VÍDEO: Assista o nocaute espetacular de Johnny Walker sobre Misha Cirkunov no UFC 235

“Meu desempenho pode não me credenciar para uma revanche imediata, mas o meu currículo sim”, afirmou Tyron.

Mesmo com a derrota e a perda cinturão, Woodley ainda se considera como ‘o melhor peso meio-médio de todos os tempos’.  O lutador voltou a citar a revanche diante de Kamaru Usman e diz vai reconquistar o título da categoria em breve.

“Eu ainda acredito que eu sou o maior meio-médios de todos os tempos. Meu caminho é pegar o cinturão de volta. Eu estou projetando a revanche”, completou Tyron.

O revés no UFC 235 encerrou uma sequência de sete lutas sem derrotas do norte-americano. Woodley não era derrotado desde junho de 2013, quando perdeu por decisão dividida para Jake Shields no UFC 161.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments