UFC Denver: Shevchenko finaliza Peña e será a próxima desafiante de Amanda Nunes

Shevchenko finalizou Peña e fará revanche contra Amanda Nunes, que subiu no octógono após o duelo e iniciou uma breve discussão com a rival

Shevchenko finalizou Peña e será a próxima desafiante da campeã Amanda. (Foto: Getty Images)

Shevchenko finalizou Peña e será a próxima desafiante da campeã Amanda. (Foto: Getty Images)

Valentina Shevchenko será a próxima desafiante ao cinturão da brasileira Amanda Nunes. No duelo que definiu a chance pelo cinturão peso galo, a ucraniana radicada no Peru finalizou Julianna Peña no segundo round da luta principal do UFC Denver, realizado neste sábado (28), nos Estados Unidos, e garantiu a oportunidade de disputar titulo contra a brasileira, que marcou presença na arena Pepsi Center e subiu no octógono logo após o combate e iniciou uma breve discussão com a próxima rival.

O duelo será uma revanche, já que Amanda venceu Shevchenko em março de 2016, no UFC 196. Esse foi o segundo triunfo consecutivo de Valentina, que agora possui um cartel com 14 vitórias e duas derrotas.

Veja Também

Em duelo morno, Assunção (esq) superou Sterling (dir) por pontos. (Foto: Getty Images)
UFC Denver: Raphael Assunção comanda vitórias brasileiras no card preliminar
octogono_UFC
UFC Denver – Valentina Shevchenko x Julianna Pena – Resultados

A luta 

Julianna começou a luta clinchando, levando a adversária para a grade, enquanto desferia joelhadas na linha de cintura. No entanto, Valentina surpreendeu e aplicou uma bela queda, mas Peña rapidamente se levantou e voltou a clinchar, deixando o duelo truncado e com pouca ação. Shevchenko, de novo, quedou a adversária, dessa vez caindo por cima e controlando as ações. Por baixo, a campeã do TUF 18 travou a rival na guarda e tentava se levantar, sem sucesso. Nos segundos finais, Peña raspou e foi para a chave de braço, mas não teve tempo para trabalhar. No intervalo, Julianna falou para os treinadores que havia machucado o ombro direito.

O segundo round se iniciou da mesma forma que o primeiro, com Julianna clinchando e tentando levar a luta para o solo, mas Shevchenko se defendia bem das investidas. Após três minutos de pouca efetividade, Penã, enfim, conseguiu aplicar a queda, e passou a trabalhar na guarda da adversária. De maneira surpreendente, Valentina raspou e aplicou uma chave de braço justíssima, que obrigou Julianna a dar os três tapinhas em desistência.

Jorge Masvidal surpreende e nocauteia Donald Cerrone 

Masvidal (dir) nocauteou Cerrone (esq) na segunda luta mais importante da noite. (Foto: Getty Images)

Masvidal (dir) nocauteou Cerrone (esq) na segunda luta mais importante da noite. (Foto: Getty Images)

Na segunda luta mais importante do show, Jorge Masvidal suportou a pressão inicial imposta por Donald Cerrone e surpreendeu ao nocautear o ‘Cowboy’ logo no primeiro minuto do segundo round, anotando a vitória mais importante de sua carreira. Atual número 12 da categoria dos meio-médios, Gamebred, que venceu a terceira consecutiva, se aproxima do top 5, enquanto Cerrone, 5º na lista, tem sua séria de quatro triunfos quebrada e sofreu sua primeira derrota na divisão.

Embalado pelo público presente, Cerrone começou disparando um chute na linha de cinturão, respondido na mesma moeda por Masvidal. Os dois seguiram apostando nos chutes baixos, mas Cerrone surpreendeu e acertou um bom direto de direita em Jorge, que devolveu com um bom cruzado. Cerrone seguiu mais contundente nos golpes, sempre usando combinações de chutes e socos. No minuto final, Masvidal cresceu no combate e conectou uma boa sequência de golpes em Cerrone, que foi a knockdown. Com o ‘Cowboy’ grogue, Masvidal aplicou uma saraivada de golpes e só não encerrou o combate porque o gongo soou.

No segundo round, Jorge aproveitou o bom momento e não deu nem chances para Cerrone. Implacável, partiu para cima e desferiu um potente cruzado, que derrubou o adversário novamente. Cowboy conseguiu se levantar rapidamente, mas Masvidal o cercou contra a grade e disparou uma sequência de golpes no rosto e no corpo, obrigando Herb Dean a interromper o combate.

Arrasador, Francis Ngannou nocauteia Andrei Arlovski em menos de dois minutos 

Ngannou atropelou Arlovski em menos de dois minutos. (Foto: Getty Images)

Ngannou atropelou Arlovski em menos de dois minutos. (Foto: Getty Images)

Não deu nem para o cheiro. Maior azarão na casa de apostas para o UFC Denver, o veterano Andrei Arlosvki não foi páreo para Francis Ngannou, que nocauteou o bielorrusso aos 1m32s do primeiro round. Com a vitória, o camaronês engatou seu quinto triunfo em cinco lutas no Ultimate, todos pela via rápida, e se aproxima da elite dos pesos pesados. Arlovski, por sua vez, perdeu a quarta consecutiva – sua última vitória foi em setembro de 2015. Aos 37 anos, o ex-campeão do UFC pode ter feito sua última luta na organização.

O duelo começou com os dois se estudando no centro do octógono, sem muita ação no primeiro minuto. Arlovski tentou conectar uma combinação de golpes, mas passou no vazio. Na sequência, o ex-campeão jogou um direto, mas foi surpreendido no contragolpe com um gancho de direita que pegou em cheio, derrubando o bielorrusso. Com Arlovski no chão, Ngannou só precisou desferir mais alguns golpes, forçando o árbitro a encerrar a luta.

CARD PRINCIPAL

Peso Galo: Valentina Shevchenko derrotou Julianna Peña por finalização (chave de braço) aos 4m29s do R2

Peso Leve: Jorge Masvidal derrotou Donald Cerrone por nocaute técnico a 1m do R2

Peso Pesado: Francis Ngannou derrotou Andrei Arlovski por nocaute técnico aos 1m32s do R1

Peso Pena: Jason Knight derrotou Alex Caceres por finalização (mata-leão) aos 4m21s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso Médio: Sam Alvey derrotou Nate Marquardt por decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

Peso Galo: Raphael Assunção derrotou Aljamain Sterling por decisão dividida (28×29, 29×28, 29×28)

Peso Meio-médio: Jingliang Li derrotou Bobby Nash por nocaute técnico aos 4m45s do R2

Peso Meio-pesado: Jordan Johnson derrotou Luiz Henrique Frankenstein por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×37, 30×27)

Peso Médio: Eric Spicely derrotou Alessio Di Chirico por finalização (triângulo) aos 2m14s do R1

Peso Meio-pesado: Marcos Rogério Pezão derrotou Jeremy Kimball por nocaute técnico aos 2m27s do R1

Peso Mosca: Alexandre Pantoja derrotou Eric Shelton por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso Leve: Jason Gonzalez derrotou JC Cottrell por finalização aos 3m54s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário